Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9081
Título: Gastric adenocarcinoma: contribute of computed tomography in preoperative T nad N staging
Autor: Marques, Rui Miguel Ribeiro Mateus
Palavras-chave: Adenocarcinoma
Gastric
T Staging
Nodal Staging
Multi-detector Computed Tomography
Adenocarcinoma
Estômago
Estadiamento tumoral
Estadiamento ganglionar
Tomografia Computorizada com multidetectores
Gastrenterologia
Data de Defesa: 2012
Editora: Faculdade de Ciências Médicas. UNL
Resumo: RESUMO:Os recentes progressos na imagiologia médica possibilitaram um papel de destaque para a Tomografia Axial Computorizada Multicorte no estadiamento do carcinoma do estômago (GA). Foi objetivo deste estudo avaliar a acuidade desta técnica no estadiamento T (invasão mural) e N (ganglionar) e avaliar fatores de prognóstico como fatores de representação/substituição para melhorar a referida acuidade. Sessenta e nove pacientes operados a carcinoma gástrico (GA) entre Janeiro de 2010 e Julho de 2012 e avaliados por Tomografia Computorizada, a maioria recorrendo a técnica de multicorte com distensão gástrica, foram estadiados retrospetivamente por três imagiologistas. Utilizaram-se critérios de avaliação referidos na literatura especializada e fatores de substituição/representação nos estadios menos eficazes. O estadiamento T revelou acuidade de 66,7% e sensibilidade de 92% e a acuidade, sensibilidade e especificidade obtidas para o estadiamento N foram respetivamente 49%, 40,9% e 64%. Usando um fator de substituição de estadiamento diagnóstico T4/N2 para mudar o estadiamento N2 obtido por MDCT para estadiamento N3A aumentaria a acuidade do estadiamento N para 59% e a sensibilidade para 58,1% e baixaria a especificidade para 61,5%, embora essa mudança não fosse estatisticamente significativa (Teste exato de Fisher 0,159). Em conclusão a acuidade de uma técnica simples de MDCT com distensão gástrica no estadiamento T e N do GA está dentro dos valores citados na literatura e fatores de substituição/representação como o estadiamento T4 e o tipo Difuso da classificação de Lauren podem melhorar a acuidade do estadiamento N.-------------- ABSTRACT: Recent innovations in medical sectional imaging have allowed a major role of multi-detector computed tomography (MDCT) in staging of gastric adenocarcinoma (GA). The purpose of this study was to evaluate the accuracy of this technique in depth of mural invasion (T) and nodal (N) staging of GA and to evaluate prognostic factors as surrogate factors to improve such accuracy. Sixty nine patients operated to GA between January 2010 and July 2012 that underwent Computed Tomography, the majority through Multidetector Computed Tomography (MDCT) with gastric distention, were staged retrospectively by three imagiologists with state-of-the-art criteria and surrogate prognostic factors were analyzed for less accurate stages. MDCT T-staging was 66,7 % accurate with a sensibility of 92 % and there was a 49 % accuracy, 40,9 % sensibility and 64 % specificity for N Staging. Using a surrogate factor of T4/N2 diagnostic staging to change diagnostic MDCT N2 disease to N3A disease would increase accuracy of N staging to 59% and sensibility to 58,1% and would decrease specificity to 61,5 %, although that change was not statistically significant (Fisher´s Exact Test 0,159)In conclusion the accuracy of a simple hydro-MDCT technique in T and N staging of GA is in the range of values cited in the literature and surrogate factors as diagnostic T4 disease and diffuse type of Lauren´s Classification may improve the accuracy of N staging.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9081
Aparece nas colecções:NMS-FCM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Marques Rui TM 2012.pdf1,26 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.