Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/7913
Título: Quão grande trabalho é viver!” António Leite – circuitos da nobreza portuguesa no sul de Marrocos
Autor: Henriques, Rui Jorge Ferreira
Palavras-chave: Nobreza
Expansão portuguesa
Marrocos
Data de Defesa: Mar-2012
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: O presente estudo consiste numa análise do percurso social de António Leite, um indivíduo oriundo de uma família de baixa condição nobiliárquica, de Entre-Douro-e- Minho, que viveu entre os finais do século XV e meados do século XVI. No contexto do projecto expansionista manuelino em Marrocos, este homem ascendeu, através do serviço à Coroa portuguesa, a contador de Azamor Mazagão e Tite e, mais tarde a capitão de Mazagão, Azamor e forte do Seinal, chegando no fim da vida a alcaide-mor de Santo António de Arenilha. Partindo do estudo da vida de António Leite fez-se uma caracterização das vivências e do perfil social da nobreza que ascendeu às capitanias das praças de Azamor e Mazagão, utilizando-se para tal uma avaliação comparativa das características sociais destes homens
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em História.
URI: http://hdl.handle.net/10362/7913
Aparece nas colecções:FCSH: DH - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
“Quão grande trabalho é viver!” Rui Henriques.pdf2,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.