Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/7098
Título: Estudo do efeito da radiação ionizante na capacidade antioxidante dos compostos presentes na água de processo da indústria corticeira
Autor: Madureira, Joana Filipa de Paiva dos Santos
Orientador: Fonseca, Isabel
Melo, Rita
Palavras-chave: Águas de cozedura
Cortiça
Radiação gama
Antioxidantes
Data de Defesa: Dez-2011
Editora: FCT-UNL
Resumo: No processo de transformação da cortiça, as águas de cozedura são misturas complexas com elevada concentração de polifenóis, tais como taninos, ácidos benzóicos e cinâmicos, sendo alguns conhecidos pelo seu elevado poder antioxidante. A radiação ionizante induz a degradação de compostos e a inactivação de microrganismos, dependendo do tipo de energia, do débito de dose e da dose absorvida. É usada em inúmeros processos industriais, como a esterilização, irradiação de alimentos e o tratamento de águas contaminadas que levam à desinfestação e ao aumento da qualidade da água. Um dos efeitos da interacção da radiação com a água é a produção de espécies altamente reactivas que reagem com os compostos presentes na matriz provocando alterações estruturais. Este trabalho é pioneiro e estuda os efeitos da radiação ionizante na capacidade antioxidante dos compostos presentes na água de processo de uma Indústria Transformadora de Cortiça. Os estudos de radiação são realizados com diferentes doses de radiação e diferentes débitos de dose, na fonte experimental de Cobalto-60 situada no Instituto Tecnológico e Nuclear, em Sacavém. A avaliação destes efeitos na quantidade de matéria orgânica é feita através de duas técnicas, a Carência Química de Oxigénio (CQO) e o Carbono Orgânico Total (COT). Os efeitos na actividade antioxidante são estudados através do método de sequestro do radical DPPH• e do Poder Redutor Férrico (FRAP) e o conteúdo em compostos fenólicos através do método colorimétrico de Folin-Ciocalteau. Os resultados mostram que a radiação gama altera significativamente tanto a quantidade de compostos fenólicos como a capacidade antioxidante das amostras de água de cozedura de cortiça, mas não provoca alterações significativas na quantidade de matéria orgânica. Assim, existe um potencial de tratamento integrado destas águas devido ao aumento do poder antioxidante, sendo possível reaproveitá-las para outros fins como, por exemplo, a extracção de antioxidantes naturais para a Indústria Alimentar
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Química e Bioquímica
URI: http://hdl.handle.net/10362/7098
Aparece nas colecções:FCT: DQ - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Madureira_2011.pdf1,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.