Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/5933
Título: A mudança na utilização de suportes no processo de memorialização de pessoas falecidas
Autor: Picareta, Sara Filipa Medeiros
Orientador: Rodrigues, Adriano Duarte
Palavras-chave: Morte selvagem/morte domesticada
Memoriais virtuais
Agenda da vida
Recusa
Medo
Túmulos
Cemitérios
Individualidade,
Imortalidade
Data de Defesa: Mar-2011
Editora: Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas
Resumo: Como não pensar na morte se ela nos confronta, nos encara todos os dias. O pensar e reflectir sobre a morte não é exclusivo da nossa modernidade. O tema da fragilidade da vida tem vindo a inquietar o ser humano desde há milénios. Contudo, deparei-me com um processo em pleno desenvolvimento que me surge como novo e fascinante. No fundo, uma mudança de paradigma: a dos suportes de memorialização. Passou-se, então, de estruturas fixas para memoriais virtuais, registos na internet que pretendem dignificar a pessoa falecida. Assim, primeiramente, tendo como objecto de estudo estas novas formas de memorialização, pretendo perceber como as mudanças de atitude em relação à morte influenciaram a forma como foram utilizados, criados e modificados os suportes para memorialização. Depois, tentarei desvendar algumas características da nossa sociedade moderna no que respeita o tema da morte para encontrar as razões que levam a esta mudança de paradigma, sendo que no final me debruçarei na análise de alguns memoriais e registos virtuais
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação – Comunicação Estratégica
URI: http://hdl.handle.net/10362/5933
Aparece nas colecções:FCSH: DCC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capa(1).pdfcapa32,01 kBAdobe PDFVer/Abrir
corpodetexto(3).pdftexto842,87 kBAdobe PDFVer/Abrir
resumo e índice(2).pdfresumo e índice58,77 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.