Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/5456
Título: Desemprego e trajectos de exclusão social : um estágio interventivo nos bairros da vertente sul
Autor: Santos, Ana Filipa Estrela dos
Orientador: Balsa, Casimiro
Lima, Benedita
Palavras-chave: Exclusão social
Desemprego
Políticas sociais
Data de Defesa: Out-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Este relatório é o resultado de nove meses de estágio curricular no CLDS-VS de Odivelas, no âmbito do Mestrado em Sociologia. Este estágio dividiu-se em duas componentes que se mantiveram sempre interligadas; uma componente mais prática, de observação e participação nas tarefas diárias na instituição e uma componente de investigação. Ao nível da investigação pretendeu-se desenvolver um estudo qualitativo sobre os factores que condicionam as vivências e as lógicas de acção em situação de desemprego e que podem levar a processos de exclusão social. A Vertente Sul de Odivelas é o território em estudo, onde se observou de perto (e participou) nas experiências dos desempregados habitantes daquele território. A pertinência deste trabalho prende-se, assim, a nível sociológico com a importância em perceber os problemas sociais num espaço específico de forma a tentar, junto das entidades intervenientes, colmatar algumas das necessidades mais gritantes das populações carenciadas. O desemprego assume consequências “invisíveis”, reequacionando-se o papel da família, das relações de vizinhança e dos poderes públicos na manutenção da coesão social e sustentabilidade das políticas de intervenção. A abordagem estrutural e biográfica perspectiva o desemprego como uma experiência social que assume vivências subjectivas, resultando não apenas na privação directa de um salário, como também nas fragilidades de sociabilidade e identidade dos actores sociais. A sociologia pode dar o seu contributo mais prático através de uma análise primária e posterior intervenção na procura de resolução das problemáticas em questão. Para tal foram realizadas, no âmbito de um estágio curricular, dez entrevistas semi-directivas, a sujeitos desempregados, cuja escolha da amostra foi recolhida a partir de uma caracterização prévia dos sujeitos de forma a recolher testemunhos dos efeitos subjectivos que o desemprego provoca na vida dos actores sociais.
Descrição: Relatório de Estágio no âmbito do Mestrado em Sociologia, na área específica de Politicas Públicas e Desigualdades Sociais.
URI: http://hdl.handle.net/10362/5456
Aparece nas colecções:FCSH: DS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RelatorioFinalEstagio.pdf2,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.