Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/4773
Título: A criatura artista - Produção e recepção de arte de meados do séc. XX até à actualidade
Autor: Leôncio, Diogo
Orientador: Constâncio, João
Palavras-chave: Arte
Natureza
Território
Data de Defesa: Mar-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Tendo o Ser Humano como animal, fortemente ligado à Natureza, as suas manifestações artisticas serão naturais e ligadas a questões quer territoriais puras quer a elementos culturais como a linguagem. Com Deleuze a criação do território surge como vital; já com Wittgenstein temos o primado da linguagem. Assim o Homem comunica Arte com tudo aquilo que é seu e que criou para si – o seu lar circuscrito – com a construção de um aqui e agora, conceito espacio-temporal de comtemporaneadade. No fundo o Homem cria Arte Natural e naturalmente, contudo a Arte Humana e Animal não se confundem, não são uma e a mesma coisa, caso contrário haveria um estravazemento categorial.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Filosofia vertente Estética
URI: http://hdl.handle.net/10362/4773
Aparece nas colecções:FCSH: DF - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese - diogo leôncio.pdf251,99 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.