Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/2296
Título: A eficiência energética na reabilitação de edifícios
Autor: Ferreira, Maria Amaro Matoso Aguiar
Orientador: Melo, João Joanaz de
Data de Defesa: 2009
Editora: FCT - UNL
Resumo: Os riscos associados às alterações climáticas e a aproximação do pico do petróleo expõem a crise energética mundial que se avizinha. Em Portugal, o mercado da construção está em crise, associado a indicadores muito negativos de envelhecimento, desocupação e de ineficiência energética do edificado existente. Esta realidade pode representar uma oportunidade para o segmento da reabilitação de edifícios, capaz de estimular e de valorizar este mercado, com o incremento de estratégias de eficiência energética. Pretende-se identificar soluções técnicas de reabilitação de edifícios capazes de optimizarem o seu desempenho energético e avaliar o resultado de diferentes níveis de intervenção. A análise das principais tendências do mercado português estabelece o segundo objectivo. As vantagens dos processos de reabilitação de edifícios são aqui evidenciadas através da vertente construtiva e sistemas energéticos activos, utilizando dois casos-estudo com características construtivas dos anos 50 e 70, do tipo residencial. É demonstrado que o potencial de redução da factura energética de climatização e AQS, pela aplicação de medidas passivas, é superior a 50%, enquanto a instalação do solar térmico atinge os 10%. Quanto ao potencial de redução de emissões de GEE, o sistema solar térmico apresenta-se como a solução mais favorável. Foi comprovada a eficácia das propostas de intervenção de reabilitação na melhoria do desempenho energético, as quais envolvem um esforço financeiro significativo, pelo que a plena concretização deste potencial requer mecanismos de incentivo. Para esclarecer os principais entraves ao desenvolvimento do mercado da reabilitação de edifícios, foram realizados inquéritos a empresas nacionais de construção, promoção e mediação imobiliária, projectistas e peritos qualificados na certificação energética. Para estes agentes, a estagnação do mercado da construção constitui uma oportunidade de negócio no segmento da reabilitação, com a tripla virtude de promover a eficiência energética, o ordenamento e requalificação urbana, e o sector da construção (em especial o segmento das pequenas e médias empresas).
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil Gestão e Sistemas Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10362/2296
Aparece nas colecções:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ferreira_2009.pdf3,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.