Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12285
Título: Extracção e caracterização de óleo essencial de sementes de Opuntia ficus indica
Autor: Jesus, João Humberto Gomes de
Palavras-chave: Figo-da-Índia
Opuntia ficus-indica
Opuntia dillenii
Óleo de semente
Ácidos gordos
Actividade antioxidante
Data de Defesa: 2014
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A composição das sementes de três variedades de figo-da-Índia, cultivadas em Portugal, foi investigada neste trabalho. O produto foi caracterizado fisiologicamente e devidamente identificado, seguido por isolamento da semente dos frutos. Através deste processo, duas das amostras foram identificadas como Opuntia ficus-indica (variedades verde e laranja ) e a terceira de Opuntia dillenii. As sementes foram trituradas num pó fino, sendo submetidas à extracção do seu óleo, através de dois métodos distintos, utilizando cinco solventes diferentes; os ácidos gordos presentes no óleo foram caracterizados por cromatografia gasosa e espectrometria de massa. A atividade antioxidante das sementes após a extracção do óleo foi avaliada por determinação da sua actividade antioxidante de redução férrica, a sua actividade contra um radical sintético, o DPPH, e o seu teor de fenólicos totais avaliado pelo método de Folin-Ciocalteau . A análise por cromatografia gasosa do óleo de semente, mostrou elevadas percentagens de ácido oleico em todas as amostras variando de 20,75% a 60,65% , de ácido palmítico que variou de 3,63% a 12,21% e de ácido linoleico que variou de 1,24% a 11,76% . A extracção a quente especialmente com éter de petróleo permite uma maior remoção de óleo mas a extracção com acetona poderá traduzir-se num óleo mais insaturado e com maior teor de compostos fenólicos. A análise da atividade antioxidante dos resíduos das sementes, mostraram que a variedade de laranja de Opuntia ficus-indica foi a amostra com maior atividade residual. No futuro é necessária uma análise mais detalhada a respeito da determinação da atividade antioxidante e compostos fenólicos. Informações fornecidas pelo presente trabalho poderão contribuir para a valorização do óleo de semente do figo de piteira e utilização industrial das sementes desta fruta como matéria-prima na produção de óleos, aditivos para rações animais e alimentos funcionais.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar
URI: http://hdl.handle.net/10362/12285
Aparece nas colecções:FCT: DCTB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Jesus_2014.pdf2,36 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.