Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9672
Título: Directivas antecipadas de vida : modelo de aferição da sua aceitabilidade nas unidades de saúde em Portugal
Autor: Rodrigues, Ana Paula Gonçalves
Orientador: Faria, Paula Lobato
Marques, Rita Fonseca
Palavras-chave: Directivas Antecipadas de Vida
Modelo
Testamento Vital
Delphi
Advanced Directives of life
Model
Living will
Delphy
Data de Defesa: 2011
Resumo: RESUMO - As Directivas Antecipadas de Vida, são instruções escritas ou orais formuladas por uma pessoa competente relativamente à prestação ou suspensão de cuidados médicos numa eventual situação de doença geradora de incapacidade para decidir ou expressar a sua vontade (Neves et al., 2010). No presente estudo, o problema de investigação centra-se em saber de que forma a construção de um modelo de Directivas Antecipadas de Vida pode contribuir para uma melhor gestão nas unidades de saúde? Para a realização do presente projecto de investigação, foi efectuada uma pesquisa bibliográfica sobre os principais conceitos e estado actual do conhecimento, os quais contribuíram para a definição dos objectivos de investigação empírica:  Contribuir para a criação de um corpo de conhecimento no que diz respeito às Directivas Antecipadas de Vida com a elaboração de uma proposta de um modelo de aferição da sua aceitabilidade nas unidades de saúde em Portugal.  Identificar os diferentes intervenientes, e qual o seu papel na implementação do modelo proposto. No que se refere ao estudo das Directivas Antecipadas de Vida em Portugal, e em especial nas unidades de saúde, recorreu-se a uma metodologia exploratória e descritiva, para identificar as principais características e trabalhos desenvolvidos na área em investigação. A primeira conclusão reside nas características da própria sociedade, a qual não parece ainda estar suficientemente desperta para a problemática em estudo, não obstante se verificar a existência de iniciativas legislativas recentemente apresentadas. Esta constatação verifica-se igualmente ao nível das unidades prestadoras de cuidados de saúde.
ABSTRACT - The advanced medical directive, are written or verbal instructions prepared by someone competent regarding the assistance or suspension of medical care in case of illness where one is incapable of pronouncing his own will (Neves et al., 2010). In the present study, the question to this investigation is centered in knowing in what manner will the construction of a model of advanced medical directives contribute in a better management of health care units? To accomplishment this it was necessary to effectuate a bibliographical research on the main concepts and state of the knowledge that contributed to the definition of the objectives in the empirical study: After researching the main concepts described in the biographical documentation, we defined the following empirical goals:  To create a knowledge base concerning advanced medical directives as well as the creation of a model to determine its acceptability in health care units within Portugal.  Identify the active roles in the implementation of this process. As for the study of the advanced medical directives in Portugal, and especially in health care units, an exploratory and descriptive methodology was adopted, to identify the main characteristics and developments being investigated in this area. The main conclusion is that, although there are some initiatives within a politic level, society in general is not yet awakened to this problematic, bay be the reason for the absence of clear politics regarding health care units.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9672
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Ana Paula Rodrigues.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.