Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9669
Título: Terapia da fala no Serviço Nacional de Saúde : avaliação das necessidades de recursos humanos
Autor: Paixão, Rita Marina da Silva
Orientador: Perelman, Julian
Palavras-chave: planeamento
recursos humanos
Terapia da Fala
produtividade
atos diretos
atos indiretos
planning
human resources
speech and language pathologist
productivity
direct actions
indirect actions
Data de Defesa: 2012
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - O planeamento dos recursos humanos em saúde é um assunto relevante na formulação de políticas, face às importantes alterações nos cuidados e necessidades, características demográficas e socioeconómicas. Este planeamento consiste na estimativa do número de profissionais necessários para se atingir determinados objetivos, existindo diferentes métodos para a sua realização. Segundo a Direção Geral de Saúde considera-se adequado um Terapeuta da Fala para 60.000 habitantes – valores calculados através de estudos de prevalência de doença. Porém, o número de recursos humanos encontra-se intimamente ligado à produtividade, determinada através de unidades de medida como os procedimentos. Nesta área, fatores como a complexidade dos doentes e trabalho indireto, podem influenciar o produto final. Neste estudo pretende-se averiguar a necessidade de recursos humanos em Terapia da Fala, analisando a atividade destes serviços nos hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo e aplicando a fórmula de preconização proposta pelo Ministério da Saúde, baseada num modelo de oferta. Participaram no estudo 23 Terapeutas da Fala de 9 instituições hospitalares. Foi construída uma folha de registo do trabalho diário, preenchida durante cinco dias não consecutivos, averiguando-se assim o tempo gasto nas diferentes atividades. Verificou-se que 63,21% do horário laboral é utilizado na concretização de atos diretos e 36,76% gasto em atos indiretos, relacionados com os utentes, não contabilizados na fórmula proposta. Incluindo as diferentes componentes (atos diretos e indiretos), constata-se que o número de profissionais existentes na região de Lisboa e Vale do Tejo é adequado, embora numa análise por instituição o resultado seja contraditório.
ABSTRACT - Healthcare human resources management is a relevant issue in policy formulation, addressing changes in care providing and needs, as well as demographic and socioeconomic features. It is composed by the estimate number of healthcare professionals needed to achieve the proposed targets and there are different methods of performing it. According to the “Direção Geral de Saúde”, one Speech Therapist is considered sufficient for 60.000 inhabitants – figures calculated by using disease prevalence studies. However, the number of human resources is intricately linked to productivity determined by measure units such as procedures. Thus, factors like patient complexity and indirect work can influence the final result. This study intends to ascertain the human resources needs in Speech Therapy by evaluating the activity of these hospital services in the “Lisboa e Vale do Tejo” region and applying the advocating formula proposed by the Health Ministry, based in a supply model. The study involved 23 Speech Therapists from 9 hospitals. A log sheet of daily work was filled for 5 non consecutive days, to appraise the time spent in different activities. We found that 63,21% of the work schedule was spent in performing direct actions, while 36,76% was used in patient related indirect actions, which are not accounted for in the proposed formula. Including the different components, (direct and indirect actions), we find that the existing number of healthcare professionals in the “Lisboa e Vale do Tejo” region is sufficient, although a contradictory result is achieved when conducting an institution driven analysis.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9669
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Rita Paixão.pdf2,19 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.