Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/57716
Título: Construção de um discurso visual sobre a comensalidade nos espaços públicos de Lisboa: bairro da Graça e zona ribeirinha da Praça do Comércio ao Cais do Sodré
Autor: Falchetti, Juliana
Orientador: Afonso, Ana Isabel
Lucas, Joana
Palavras-chave: Espaço público
Apropriação informal
Alimentação
Discurso visual
Sazonalidade
public space
Informal appropriation
Food
Visual discourse
Seasonality
Data de Defesa: 3-Dez-2018
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo construir um discurso visual sobre como as pessoas se apropriavam informalmente dos espaços públicos no momento de fazer as refeições construindo novos significados e usos para estruturas arquitetônicas, urbanísticas e de engenharia. O estudo compreendeu os bairros da Graça e zona ribeirinha da Praça do Comércio ao Cais do Sodré. A análise imagética foi realizada a partir da seleção de 154 fotografias, correspondentes a 15 saídas de campo efetuadas no período de 19 meses, entre dezembro de 2016 a junho de 2018. Além da análise sobre a ocupação informal do espaço público e a influência da sazonalidade demos ênfase à descrição da variedade de alimentos consumidos e a proxémia procurando perceber como as pessoas se comportavam e criavam seus espaços individuais quando da apropriação informal desses espaços públicos no momento de alimentar-se. Através de entrevistas com profissionais ligados à Câmara Municipal de Lisboa, ateliês de arquitetura, responsáveis pelos projetos e análise das imagens foi possível concluir que espaços multifuncionais, com maior possibilidade criativa de apropriação estimularam as pessoas a construírem significados distintos para cada estrutura no momento de alimentar-se. O presente estudo apresenta resultados cujo campo pode auxiliar os profissionais de arquitetura e urbanismo e gestores públicos a repensar o espaço público, valorizando os temas ligados a alimentação bem como em meios de organizá-los para promover maior bem estar e liberdade aos cidadãos. Para os antropólogos e nutricionistas abre um amplo caminho para a discussão sobre os comportamentos alimentares e suas correlações com a cidade, os espaços públicos e o próprio mercado de consumo.
This research aimed to construct a visual discourse about how people informally appropriated the public spaces at the time of eating, creating new meanings and uses for architectural, urban planning and engineering structures. The study comprised the neighborhoods of Graça and the riverside area of the Commerce Square at Cais do Sodré. The imagery analysis was performed through the selection of 154 photographs, corresponding to 15 field trips made during the 19-month period, between December 2016 and June 2018. In addition to the analysis of the informal occupation of the public space and the influence of seasonality we emphasized the description of the variety of food consumed and the proxemia trying to perceive how people behaved and created their individual spaces when the informal appropriation of these public spaces took place. Through interviews with professionals linked to the Lisbon City Hall, architecture workshops, project managers and image analysis, it was possible to conclude that multifunctional spaces with a greater creative possibility of appropriation stimulated people to construct different meanings for each structure while they were eating. This study presents results that can help architectural and urban planning professionals and public managers to rethink the public spaces, valuing themes related to food as well as organizing them to promote greater well-being and freedom for the citizens. For anthropologists and nutritionists, it opens a wide path for the discussion of eating behaviors and their correlations with the city, the public spaces and the consumer market itself.
URI: http://hdl.handle.net/10362/57716
Designação: Dissertação de Mestrado em Antropologia, Culturas visuais
Aparece nas colecções:FCSH: DA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado Juliana Falchetti.pdf10,88 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.