Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/3638
Título: O uso eficiente da água no sector urbano: identificação de oportunidades e medidas nas entidades gestoras
Autor: Canha, Catarina Nobre de Sousa
Orientador: Santos, Rui
Palavras-chave: Água
Uso eficiente
Sistema de abastecimento
Usos da água
Data de Defesa: 2006
Editora: FCT - UNL
Resumo: A água é um recurso escasso e essencial para a qualidade de vida das populações e o seu desenvolvimento económico. As pressões sobre este recurso têm vindo a aumentar, tornando-se urgente que a sua gestão seja feita de um modo mais eficaz e eficiente. De acordo com o Programa Nacional para o Uso Eficiente da Água, as ineficiências na utilização da água no sector urbano em Portugal são significativas, sendo o aumento da eficiência na utilização da água um imperativo ambiental, uma necessidade estratégica de preservação das reservas de água e uma obrigação do País face à legislação comunitária,revelando-se de interesse económico para empresas, entidades gestoras e cidadãos. Este trabalho pretende contribuir para este tema, propondo uma metodologia para as entidades gestoras avaliarem eventuais ineficiências no uso da água, identificarem oportunidades de intervenção e seleccionarem medidas a aplicar para melhorar o uso eficiente da água. Adicionalmente, a metodologia proposta foi aplicada e validada num caso de estudo, o sistema de abastecimento de água do Concelho de Óbidos. A metodologia proposta tem como principais etapas, a caracterização do sistema de abastecimento, a definição de zonas de medição e controlo, o diagnóstico aos usos da água, com ênfase nos usos municipais, a identificação de oportunidades de intervenção e a definição de um programa de acção. A aplicação da metodologia no sistema de abastecimento de água do Concelho de Óbidos resultou no melhor conhecimento sobre os usos da água na área servida, em particular dos usos municipais que eram largamente desconhecidos. Com um pequeno investimento na medição foram identificadas ineficiências significativas quer nos usos da água quer na gestão do sistema de abastecimento, permitindo melhorar a estimativa da água não facturada e da ineficiência na utilização dos recursos hídricos, de um valor idêntico de 45% em 2006, para 39% e 32%, respectivamente, em 2007. A definição de um programa de acção, que estabelece a sequência das intervenções com níveis de prioridade, segundo critérios de poupança da água, facilidade de implementação e custo-eficácia, permitiu já obter benefícios significativos para o Município de Óbidos. A aplicação continuada da metodologia proposta parece produzir benefícios significativos para a gestão do uso eficiente da água por parte das entidades gestoras.
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Sanitária
URI: http://hdl.handle.net/10362/3638
Aparece nas colecções:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Canha_2008.pdf9,66 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.