Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/27888
Título: Levantamento e definição de indicadores de exposição pedonal a utilizar na modelação de acidentes rodoviários
Autor: Gaspar, Tiago Miguel Pereira Paias Valadas
Orientador: Gomes, Sandra
Micaelo, Rui
Palavras-chave: Exposição pedonal
Indicadores de segurança
Segurança rodoviária
Tráfego pedonal
Data de Defesa: Dez-2017
Resumo: O conhecimento dos fatores que afetam a probabilidade de ocorrência de um acidente envolvendo peões é algo muito relevante a ter em conta na investigação dos mesmos, pois as consequências que esses acidentes causam na sociedade são nefastas. Os estudos nesta matéria concentram-se essencialmente nas estradas urbanas, porque é nesses locais que a mobilidade pedonal é mais elevada. A exposição pedonal consiste num conceito abstrato que se pode definir pela oportunidade de ocorrência de conflitos entre os veículos e o peão. Por outras palavras, é o número de eventos que podem resultar numa lesão ou colisão. É muito difícil medir diretamente, pois isso envolve o rastreamento dos movimentos de todas as pessoas em todos os momentos. Esta dissertação aborda a forma como a comunidade científica tem utilizado este tipo de dados e que técnicas têm sido utilizadas para a sua recolha, tanto de forma directa - através da contagem de volume de peões; como de forma indirecta – através de indicadores alternativos que representem essa mesma exposição. Esta dissertação pretende ainda contribuir para aumentar os dados disponíveis sobre a matéria, através da criação de uma base de dados de indicadores de exposição pedonal, tanto diretos como indiretos. Para este efeito foi escolhida a Freguesia de Alvalade pertencente ao concelho de Lisboa. Foram recolhidos dados relativos às infraestruturas pedonais quer por georreferenciação quer por observação direta das suas características: passeios, parques de estacionamento, tipologia de pavimento e estado de conservação; presença de ciclovias e ruas pedonais e respetivo estado de conservação; sinalização rodoviária luminosa e não luminosa (afeta a peões); passagens superiores e respetiva tipologia de acessibilidades (escadas ou rampa) e largura; e presença de mobiliário urbano. Esta base de dados foi complementada com informação sobre volumes de tráfego pedonal e localização geográfica das passagens, previamente recolhida pelo LNEC, em diversos locais da referida freguesia.
URI: http://hdl.handle.net/10362/27888
Designação: Mestre em Engenharia Civil
Aparece nas colecções:FCT: DEC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Gaspar_2017.pdf2,89 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.