Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/16124
Título: A formação em rastreio e intervenções breves do álcool muda as atitudes dos profissionais de saúde ocupacional? : estudo quasi experimental exploratório para uma estratégia para o meio laboral
Autor: Dias, Jorge Manuel Barroso
Orientador: Aguiar, Pedro
Palavras-chave: Álcool
Intervenções breves
Meio laboral
Saúde Ocupacional
SAAPPQ
AUDIT-C
Alcohol
Brief interventions
Workplace
Occupational Health
Data de Defesa: 2015
Resumo: RESUMO - Estudos anteriores nos Cuidados de Saúde Primários (CSP) apontam para um incremento da Deteção Precoce (DP) e Intervenções Breves (IB) em pacientes com Problemas Ligados ao Álcool (PLA) após formação apropriada dos profissionais de saúde (com melhoria das suas atitudes). Este estudo quasi experimental, exploratório, é pioneiro no âmbito da Saúde Ocupacional (SO) para a implementação de Rastreio/DP e IB nos PLA. O objetivo principal foi avaliar se uma formação sobre Rastreio/DP e IB pode melhorar as atitudes dos profissionais de SO ao lidar com os PLA em Meio Laboral (PLAML). Foi aplicado um questionário em duas partes: Q1/pré-formação (variáveis sociodemográficas, profissionais, competências em alcoologia, experiência pessoal com álcool/familiares com PLA, dificuldades em lidar com trabalhadores com PLA, AUDIT-C e SAAPPQ) e Q2/pós-formação (avaliação da formação e das atitudes SAAPPQ - Adequação, Legitimidade, Motivação, Autoestima e Satisfação). Os resultados na amostra (N=39) revelaram um aumento sobretudo na Adequação e Satisfação. No entanto, naqueles com níveis baixos das atitudes pré-formação constou-se melhoria das atitudes à excepção da Autoestima e foram encontradas algumas associações com as características do perfil inicial dos participantes. Sugerem-se estudos posteriores para identificação de pacotes formativos mais efetivos e propostas para um Plano integrador de RIB para PLAML
ABSTRACT - Previous studies in Primary Health Care (PHC) point to an increase of Early Detection/Screening and Brief Interventions (SBI) in patients with Alcohol-Related Problems (ARP) after appropriate training of health professionals (with improvement of their attitudes). This exploratory semi-experimental study is pioneer in the context of Occupational Health (OH) for the implementation of Early Detection/SBI of the ARP. Its main objective was to assess if a training on Early Detection/SBI can improve the attitudes of OH Professionals when dealing with ARP in the Workplace. A two-part questionnaire was applied: Q1/pre-training (sociodemographic, professional, skills in alcohology, personal experience with alcohol/family members with ARP, difficulties in dealing with workers with ARP, AUDIT-C and SAAPPQ variables) and Q2/post-training (training assessment and of the SAAPPQ attitudes - Adequacy, Legitimacy, Motivation, Self-Esteem and Satisfaction). The sample (N=39) results revealed an increase mainly in Adequacy and Satisfaction. However, in those with pre-training low attitude scores it was verified an improvement in the attitudes with the exception of Self-Esteem and there were found some associations with the participants’ initial profile characteristics. Future studies are suggested for the identification of more effective training packages and proposals for an integrating program of SBI for ARP in the Workplace.
URI: http://hdl.handle.net/10362/16124
Designação: Curso de Mestrado em Gestão da Saúde
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Jorge Barroso Dias.pdf4,45 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.