Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/13035
Título: Argamassas de cal aérea e metacaulino influência do traço, da cura marítima e da idade
Autor: Mergulhão, Duarte Nuno Franco Henriques
Orientador: Faria, Paulina
Silva, António
Palavras-chave: Argamassa
Cal aérea
Metacaulino
Ambiente de cura
Reabilitação
Conservação
Data de Defesa: 2014
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: O aparecimento de novas construções é, presentemente, escasso. Contudo, o surgimento de obras de reabilitação e/ou conservação é inevitável. A argamassa é um produto que está fortemente presente em intervenções de reabilitação e conservação. As argamassas, usadas pelo Homem desde há muitos anos, viram, durante o século XX, um uso, quase generalizado, de cimento Portland como o ligante utilizado na sua composição. O uso de cimento Portland como ligante conduziu a argamassas de boa trabalhabilidade, com elevadas resistências mecânicas e um tempo de cura relativamente reduzido. No entanto, a reabilitação e a conservação exigem o uso de argamassas que sejam compatíveis com os suportes e as argamassas de cimento não verificam esse requisito. As argamassas de cal aérea, com ou sem adição de pozolanas, indicam que, com base na sua longa existência, são as que melhor desempenho apresentam em intervenções de reabilitação e conservação. Inicialmente inserida nos projectos FCT METACAL e LIMECONTECH, nesta dissertação caracterizam-se argamassas que têm como ligante cal aérea e percentagens de metacaulino de 0, 30 e 50% em substituição de igual massa do ligante. São também analisadas as influências do traço ligante:agregado da idade e da cura, nomeadamente face a um ambiente de cura com forte influência marítima, tão corrente em Portugal. A cal aérea conduz a argamassas de endurecimento lento. No entanto, a adição de metacaulino, segundo os resultados, vem contrariar essa tendência. Os ensaios que avaliaram a resistência mecânica das argamassas concluíram que o metacaulino tem uma grande influência sobre este parâmetro, que nem sempre é favorável, principalmente nos traços mais fracos em ligante. O comportamento face à acção da água também não deixa boas referências ao metacaulino, visto que a absorção de água por capilaridade foi considerável e a secagem não ocorreu de forma exemplar. Por outro lado, o ensaio de condutibilidade térmica valoriza claramente as argamassas onde esta pozolana está presente.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Civil – Perfil Construção
URI: http://hdl.handle.net/10362/13035
Aparece nas colecções:FCT: DEC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mergulhao_2014.pdf3,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.