Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/7452
Título: Educação estética
Autor: Frois, João Pedro
Data: 2012
Editora: Fundação Eugénio de Almeida
Relatório da Série N.º: 7;
Resumo: Nas décadas seguintes o seu texto serviu de manifesto para reformas educacionais em vários lugares. O valor desse interesse consistia na convicção de que a industrialização e transformações sociais imediatas tinham provocado a alienação dos indivíduos. A recuperação da dimensão estética para a educação surgia também em reacção ao triunfo da racionalidade técnica, justificando, por si só, o surgimento de um modelo de educação aberto ao desenvolvimento da espontaneidade e à livre expressão criativa dos indivíduos. «A arte», segundo ele, «deveria ser a base da educação», considerando a experiência proporcionada pela criação e a fruição artísticas como possibilidade, meio para a acção na educação e desenvolvimento da singularidade dos indivíduos. Quase sete décadas após a publicação do livro de Herbert Read, sentimos um desconforto abrangente, um desequilíbrio e uma dúvida perseverante que nos impulsiona a pensar novamente no valor das artes para a educação.
URI: http://hdl.handle.net/10362/7452
ISSN: 1646-4125
Aparece nas colecções:FCSH: DCC - Artigos em revista nacional com arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
jpfrois314,8 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.