Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/6885
Título: Permanência e inovação no teatro português do séc. XVI: a comédia eufrosina
Autor: Santos, Rosário Laureano
Data: 1996
Editora: Colibri
Relatório da Série N.º: N.9;
Resumo: A primeira edição da Comédia Eufrósina foi editada em 1555. Nesse mesmo ano, teve outra impressão a que se seguiram mais três: 1560, 1561, 1566. As três primeiras edições referidas foram impressas na cidade de Coimbra e as duas últimas, em Évora. A fortuna literária obtida na época está patente nas sucessivas impressões desta comédia, que cessaram, por proibição inquisitorial, pelo menos de 1581 a 1612. Em 1616, foi recuperada por Francisco Rodrigues Lobo e o seu êxito recmdesceu, não só em Portugal mas também já em Espanha. Pouco conhecida nos séculos seguintes do público em geral, tomou-se obra de referência para dicionários, gramáticas e obras de investigação, sobretudo devido à sua riqueza lingüística. O seu autor foi Jorge Ferreira de Vasconcelos de quem conhecemos escassos dados biográficos, inclusivamente a data do nascimento, à qual, por aproximação, se atribui o ano de 1515. Sabe-se, porém, que pertenceu a uma família originária de Montemor-o-Velho, foi criado de casa dos Duques de Aveiro e freqüentou o meio universitário de Coimbra cerca de 1540, onde se inscreveu no curso de Direito e foi contemporâneo de Camões.
Descrição: pp. 261-268
URI: http://hdl.handle.net/10362/6885
ISSN: 0871-2778
Aparece nas colecções:Revista da FCSH -1996

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RFCSH9_261_268.pdf6,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.