Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/6292
Título: Reflexão sobre o lugar da antropo-ecologia no quadro das ciências humanas
Autor: Amaro, Ana Maria
Data: 1989
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Relatório da Série N.º: ;3
Resumo: A integração das populações no meio natural em que vivem, leva-as a uma íntima interrelação com os mecanismos naturais de controle. E assim, na medida em que um grupo ocupa uma nova região, tem que descobrir novas formas de relação com o novo meio, aplicando a anterior experiência adquirida, aos elementos ecológicos de que passa a dispor. É, aliás, o controle de certos problemas, como imperativo cultural básico da adaptação, que leva o Homem à instituição de novas práticas que, uma vez padronizadas, são socialmente transmitidas. Estas práticas têm-se revelado, por vezes, com tamanho valor adaptativo que, logrando sobrepor-se às correntes mais modernas do pensamento, perduram através dos séculos.
Descrição: pp. 111-119
URI: http://hdl.handle.net/10362/6292
ISSN: 0871-2778
Aparece nas colecções:Revista da FCSH -1989

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RFCSH3_111_119.pdf3,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.