Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/14362
Título: A ‘rua direita’ portuguesa: elemento estruturador ou designação toponímica?
Autor: Pinto, Sandra M. G.
Palavras-chave: Rua direita
História urbanismo português
Toponímia
Data: Jul-2014
Editora: Vítor Oliveira
Resumo: Nesta ‘perspetiva’ procura-se questionar o conceito de ‘rua direita’ dentro da História do Urbanismo Português. A pergunta enunciada no título é necessariamente provocadora, já que não se duvida que aquela foi, ou é, uma designação toponímica. A hesitação prende-se, portanto, em entendê-la como ‘o’ elemento estruturador dos espaços urbanos. Perceba-se, então, a razão da própria questão. Entre os diversos estudos linguísticos e etnológicos relativos a Portugal, Vasconcelos (1917), ao examinar Chaves, deu conta que o topónimo de ‘rua direita’ estava presente em várias cidades e vilas, mas que, ao contrário do que o qualificativo (i.e. ‘direita’) à partida poderia indiciar, as ruas assim nomeadas eram sinuosas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10362/14362
ISSN: 2182-7214
Versão do Editor: http://pnum.fe.up.pt/pt/index.php/revista-2-1/
Aparece nas colecções:FCSH: CHAM - Artigos em revista nacional com arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RMU 2.1_42-43.pdf267,39 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.