Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12616
Título: Heráldica, representação do poder e memória da nação. O armorial autárquico de Inácio de Vilhena Barbosa
Autor: Seixas, Miguel Metelo de
Palavras-chave: Heráldica
Municipalismo
Representação do poder
Ínsígnias municipais
Data: 2011
Editora: Universidade Lusíada Editora
Resumo: Tendo como ponto de partida o armorial autárquico publicado por Inácio de Vilhena Barbosa em 1860, o presente trabalho incide sobre a relação entre a heráldica municipal e a representação do poder. O principal objectivo consiste em verificar de que modo o conjunto das armas autárquicas foi usado, desde o Antigo Regime até à monarquia constitucional, como parte integrante dos instrumentos de consagração política e de construção da memória. Foca-se em particular o papel que esse armorial desempenhou no processo oitocentista de edificação do Estado liberal, na afirmação da identidade nacional e na atestação abstracta de uma soberania da nação. A edição do armorial autárquico português na segunda metade do século XIX, longe de constituir um caso isolado, encontrou paralelo nos demais países europeus, onde tal género de publicação assumiu características e funções similares. Esta funcionalidade esteve na base da difusão das séries de armas municipais e da sua repetição em lugares associados à simbólica do poder ou à instrução cívica dos cidadãos.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10362/12616
ISBN: 978-989-640-090-3
Aparece nas colecções:FCSH: IEM - Livros nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Heraldica_representacao.pdf18,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.