Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9709
Título: Demora desde o aparecimento dos primeiros sintomas até ao diagnóstico da tuberculose pulmonar em Portugal : análise de sobrevivência
Autor: Silva, Marília Bettencourt
Orientador: Filipe, Patrícia
Nunes, Carla
Palavras-chave: Controlo da Tuberculose
Tuberculose Pulmonar
Demora no Diagnóstico
Análise de Sobrevivência
Tuberculosis Control
Pulmonary Tuberculosis
Delay in Diagnosis
Survival Analysis
Data de Defesa: 2012
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - O presente estudo tem como objetivo contribuir para a Saúde Pública no controlo da tuberculose pulmonar (TBP), estudando a demora desde o aparecimento dos primeiros sintomas até ao diagnóstico da doença. As consequências da demora no diagnóstico podem ser fatais para os doentes e intensificar a proliferação do bacilo, influenciando a incidência da doença. Este estudo analisou os casos notificados com TBP pelo SVIG-TB, em Portugal Continental, no período de 2000 a 2009, com demora no diagnóstico de 1 a 365 dias. Foram utilizadas técnicas de estatística clássica para caracterização da base de dados e de análise de sobrevivência para caracterizar a demora até ao diagnóstico e modelar o risco de diagnóstico. As variáveis incluídas no estudo foram: género, idade, grupo etário, distrito de residência, área crítica de incidência da tuberculose, presença ou ausência da infeção pelo VIH, caso novo e reincidência, número de tratamentos anteriores, presença ou ausência de fatores de risco (álcool, tabaco, outras drogas, reclusão e sem-abrigo) e número de fatores de risco. Verificou-se que nos 35 711 casos notificados a mediana da demora até ao diagnóstico foi de 55 dias. Todas as variáveis referidas anteriormente demostraram estar correlacionadas com a demora, exceto no que diz respeito às áreas críticas ou não críticas e aos sem-abrigo. No modelo de Cox as variáveis que se mostraram relevantes ao diagnóstico foram o género em 10,2%, grupos etários, distritos, presença ou ausência de VIH em 12%, dependência alcoólica em 6,3% e dependência de tabaco em 8,8%. Estes resultados apontam para a efetividade de medidas de controlo da tuberculose, principalmente no caso de a pessoa apresentar alguns fatores de risco.
ABSTRACT - The aim of this study is to contribute to public health on pulmonary tuberculosis control, studying the delay from onset of the first symptoms and the diagnosis of pulmonary tuberculosis. The consequences of delay in diagnosis can be fatal to patients and spread the proliferation of bacillus, influencing the disease incidence. This study analyzes the reported cases by SVIG-TB in Portugal in the period between 2000 and 2009, with delay in diagnosis of 1 to 365 days. There were used classical statistical analysis techniques to database characterization and survival analysis to characterize the delay in diagnosis of pulmonary tuberculosis and to modeling diagnosis risk. The variables included in the study are: gender, age, age group, residence district, critical area of tuberculosis incidence, presence or absence of HIV infection, new case and recurrence, number of previous treatments, presence or absence of risk factors (alcohol, tobacco, other drugs, incarceration and homelessness) and number of risk factors. In 35 711 cases it was found that the median of delay in diagnosis was 55 days. All variables mentioned above have shown to be correlated with the delay, except for critical or not critical areas and in the case of the homelessness. In the Cox model, the variables that were relevant to the diagnosis were gender in 10,2%, age groups, districts, presence or absence of HIV in 12%, alcohol in 6,3% and tobacco dependence in 8,8%. These results indicate the effectiveness of some measures of TB control, especially if the person has some risk factors.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9709
Aparece nas colecções:ENSP: PPS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Marília Silva.pdf3,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.