Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9388
Título: Pagamento em função do desempenho nos cuidados de saúde primários : três serviços nacionais de saúde, três experiências
Autor: Sousa, Elisabete Maria de Jesus Teixeira de
Orientador: Perelman, Julian
Palavras-chave: Pagamento em função do desempenho
Incentivos à qualidade
Incentivos financeiros
Cuidados de saúde primários
Pay for performance
Quality incentives
Financial incentives
Primary health care
Data de Defesa: 2011
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO – A atribuição de incentivos financeiros em função do desempenho e do alcance de metas de qualidade, aos prestadores e especificamente aos médicos constitui um dos principais paradigmas das reformas dos Cuidados de Saúde Primários (CSP) que ocorrem em diversos países. O pay for performance (P4P) - pagamento em função do desempenho tem sido considerado, a nível internacional, como uma estratégia capaz de imputar mais qualidade, eficiência, acessibilidade e equidade aos CSP, pilares fundamentais na prossecução dos objectivos dos sistemas de saúde. Recompensar financeiramente os prestadores de cuidados pelos resultados em saúde e pela concretização de metas específicas, que reflectem prioridades assistenciais é uma forma de promover a satisfação profissional e estimular o envolvimento no processo de cuidados e nas novas formas de governação clínica. O interesse em desenvolver uma comparação internacional e em particular, através de três sistemas de saúde com serviço nacional de saúde (SNS) no âmbito da caracterização do impacto da implementação do P4P nos CSP prende-se com a importância atribuída aos contributos das experiências do P4P decorridas em diferentes países, onde os mesmos objectivos foram procurados de formas diferentes e obtiveram resultados diferentes. A implementação de programas de P4P no Reino Unido, na Nova Zelândia e em Portugal é geradora de melhorias na qualidade assistencial e nos resultados em saúde, determinantemente influenciados pelos contextos e processos de implementação dos programas de P4P, bem como, pela magnitude dos incentivos financeiros.
ABSTRACT - The assignment of financial incentives to providers, especially physicians, on performance and achievement of quality targets, is one of the main paradigms of Primary Health Care (PHC) reforms that occur in several countries. Pay for performance (P4P) has been internationally considere as a strategy able to allocate more quality, efficiency, accessibility and equity for PHC. These are fundamental pillars of the health systems. Financial rewarding of health care providers by health outcomes and the achievement of specific targets, that reflect major priorities is a way to promote job satisfaction and stimulate the development in care process and new forms of clinical governance. International comparisons, and in particular, the comparasion of three National Health Services (NHS) is highly relevant to, characterize the impact of implementing P4P in the PHC. Indeed, we are able to observe the contribution of P4P experiences in different countries where objectives have been similar but reforms have been implemented differently, with different outcomes. The implementation of P4P programs in United Kingdom, New Zealand and Portugal generates improvements in quality of care and health outcomes, decisively influenced by the contexts, the P4P implementation process and the magnitude of financial incentives.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9388
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Elisabete Sousa.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.