Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9352
Título: Qualidade em obstetrícia : complicações pós-parto e readmissões
Autor: Amaro, Ricardo Daniel Esteves
Orientador: Lopes, Sílvia
Palavras-chave: Qualidade em Saúde
Qualidade em Obstetrícia
Complicações Pós-Parto
Readmissões
Health Quality
Quality in Obstetrics
Postpartum Complications
Readmission
Data de Defesa: 2012
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - A qualidade no sistema de saúde é alvo de grande preocupação por parte dos gestores, necessitando encontrar estratégias que conduzam a uma melhoria dos resultados das unidades hospitalares, em simultâneo com a contenção dos custos. O objectivo geral deste trabalho consistiu na avaliação da qualidade na área de obstetrícia nos hospitais públicos de Portugal Continental, através da análise das taxas de complicações pósparto e de readmissões verificando se existem diferenças por instituição hospitalar, volume, acreditação e região nos anos 2008 a 2010. Os dados foram cedidos pela Administração Central do Sistema de Saúde à Escola Nacional de Saúde Pública, sendo seleccionados os episódios nos GDH 370 a 375 e 650 a 652. Foram analisados 243 686 episódios, verificando-se que a taxa de incidência de complicações é superior nos partos por cesariana, comparativamente com os partos vaginais (1,66% e 1,03%, respectivamente). Os hospitais com maior volume de procedimentos e não acreditados evidenciam maiores taxas de complicação. A taxa de readmissão a 30 dias foi também superior na cesariana comparativamente ao parto vaginal (0,42% e 0,73%, respectivamente). Os hospitais com menor volume de procedimentos e acreditados, regra geral, são os que evidenciam as maiores taxas de readmissão. De salientar que as reduzidas taxas de complicações pós-parto verificadas poderão ser explicadas por diferenças na codificação dos diagnósticos secundários entre hospitais. Podem ainda existir diferenças aqui não consideradas entre os doentes tratados em cada instituição. Os dados apresentados permitem ter um melhor conhecimento acerca da qualidade no tratamento dos casos de obstetrícia nos hospitais públicos em Portugal Continental, dando indicações para a tomada de decisão em gestão em saúde.
ABSTRACT - Quality in health care is the subject of major concern for managers, who need to find strategies that lead to improved performance of the hospitals, together with cost containment. The overall objective of this study was to evaluate the quality in the field of obstetrics in public hospitals in Portugal, by analyzing the rates of postpartum complications and readmissions checking if there are differences by hospital, volume, accreditation and region in the years 2008 to 2010. The data were provided by Central Administration of the Health System to the National School of Public Health and were selected the following episodes in DRG: 370-375 and 650-652. We analyzed 243 686 episodes, verifying that the incidence rate of complications is higher in births by caesarean section compared with vaginal deliveries (1,66% and 1,03%, respectively). Hospitals with higher volume of procedures and non-accredited show higher complication rates. The rate of readmission to 30 days was also higher in comparison with the vaginal cesarean (0,42% and 0,73% respectively). The hospitals with lower volume of procedures and accredited as a rule, are those that show the highest rates of readmission. Note that the low rates of postpartum complications observed may be explained by differences in coding of secondary diagnoses between hospitals. They may also have differences that are not considered in this study among the patients treated at each institution. The data presented allow a better knowledge about the quality of care of obstetric cases in public hospitals in Portugal, giving directions to the decision-making in health management.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9352
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Ricardo Amaro.pdf607,05 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.