Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9308
Título: Burnout em oncologia : o síndrome de burnout vivenciado por enfermeiros que trabalham numa unidade de administração de quimioterapia de um instituto oncológico
Autor: Rebelo, Fabiana Fernandes
Orientador: Nunes, Carla
Aguiar, Pedro
Palavras-chave: Burnout
Factores de stresse
Enfermagem oncológica
Enfermeiros
Satisfação profissional e saúde mental
Burnout
Stress factors
Oncology nursing
Nurses
Job satisfaction and mental health
Data de Defesa: 2011
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - O burnout é um síndrome caracterizado, de forma mais frequente, por exaustão emocional, despersonalização elevadas e realização pessoal baixa. Normalmente, a pessoa sente-se fatigada e frustrada com as suas acções e sente que as suas expectativas não estão a ser correspondidas. Estando este fenómeno associado, possivelmente, com o ambiente laboral e com os factores de stresse existentes no local de trabalho, é habitual que surja em qualquer profissional, de qualquer classe profissional. Este trabalho de projecto concentrou-se no estudo de uma das profissões de ajuda mais conectadas a este síndrome, pela sua especificidade, a enfermagem, na área da oncologia, e o objectivo fulcral, é compreender que quadros de burnout apresentam os profissionais de enfermagem que trabalham num instituto oncológico e compreender, ainda, se existe associação entre a saúde mental, a satisfação profissional destes profissionais e as suas características sócio-demográficas. Este trabalho teve, ainda, como objectivo testar a metodologia utilizada com a aplicação dos seguintes instrumentos: Maslach Burnout Inventory (M.B.I.), Mental Health Inventory (M.H.I.) e o Questionário de Satisfação Profissional de GRAÇA (1999). Neste seguimento, utilizou-se um caso piloto de 20 enfermeiros que trabalham num serviço de administração de quimioterapia de um instituto oncológico, pretendendo-se, futuramente, desenvolver este estudo a nível institucional e numa amostra significativa, salientando, desde já, que todo o processo metodológico consistiu numa simulação, cujos resultados obtidos não poderão ser extrapoláveis e generalizados. Numa perspectiva da Protecção e Promoção da Saúde e Prevenção da doença, esta equipa identifica factores geradores de stresse e sugere algumas estratégias importantes para fortalecer estes ideais, que consistem, acima de tudo, em saber reconhecer o fenómeno e criar grupos de terapia e de reflexão. As organizações e superiores hierárquicos deverão, também, estar atentos a esta problemática, tornando os recursos humanos e materiais ajustados e proporcionado as tais estratégias que possibilitem um clima de harmonia e uma melhor qualidade dos cuidados.
ABSTRACT - Burnout is a syndrome commonly characterized by emotional exhaustion, high depersonalization and a lack of personal fulfillment. A person suffering from burnout feels fatigued, frustrated with its actions and that its expectations are not being met. Being this phenomenon largely related with the working environment and the stress factors existing in the working place, it may manifest in any employee in any profession. This work project is centered on the study of one of the most affected professions by this syndrome, given its specificities: nursing in oncology. The main objectives are to understand, referring to nursing personnel on an oncology institute, the burnout levels and determine if there is an association between mental health, job satisfaction and socio-demographic characteristics. This work also intends to test the methodology by applying the following instruments: Maslach Burnout Inventory (M.B.I.), Mental Health Inventory (M.H.I.) and the Job Satisfaction Survey from GRAÇA (1999). Following this, we used a test case of 20 nurses working in the service of chemotherapy for a cancer institute, intending in future to develop this study at the institutional level and a significant sample, noting at the outset that all methodological process consisted of a simulation, whose results cannot be extrapolated and generalized. In the healthcare protection and promotion and the disease prevention perspective, the staff identified stress factors and described some important strategies to strengthen this thought, that consist, most of all, by being able to recognize the phenomenon and create groups of therapy and reflection. Organizations and supervisors must also be aware of this problem, making the personnel and the equipment suitable and pursuing and providing the strategies that allow harmony in the working environment and a better quality of care.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9308
Aparece nas colecções:ENSP: PPS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Fabiana Rebelo.pdf2,66 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.