Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/8237
Título: Sobre a representação linguística da subjectividade: Representação do self num texto "esquizofrénico"
Autor: Monção, Ana
Data: 1997
Editora: Colibri
Resumo: No âmbito de uma reflexão geral sobre o modo como a subjectividade pode ser expressa através da linguagem (entendendo-se por subjectividade essa experiência individual de continuidade - ou descontinuidade em casos patológicos - do self através do tempo), procurarei colocar em destaque alguns dispositivos linguísticos que permitem ao sujeito exprimir a percepção que tem de si próprio e o conceito que devido a isso forma de si. A escolha de alguns desses dispositivos em detrimento de outros está condicionada pela análise dum texto de um paciente diagnosticado como esquizofrénico, texto esse que me foi facultado já há alguns anos na Casa de Saúde do Telhai e que fazia parte do dossier clínico do mesmo doente. De entre as várias expressões que em Linguística agrupamos sob a designação de referência deictica indiciai, isto é, de entre as diversas expressões cujo referente depende e varia de acordo com a situação comunicativa em que são empregues, os pronomes pessoais são, tal como pôde destacar Emile Benveni ste na sua apresentação do quadro formal da enunciação (1974), excelentes candidatos à expressão da subjectividade.
URI: http://hdl.handle.net/10362/8237
ISSN: 0871-2778
Aparece nas colecções:Revista da FCSH - 1997

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RFCSH10_273_286.pdf6,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.