Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/7000
Título: Avaliação da exposição à radiação ionizante de profissionais e pacientes em procedimentos de cardiologia de intervenção
Autor: Baptista, Mariana Isabel Seita
Orientador: Cardoso, Gabriela
Secca, Mário
Palavras-chave: Cardiologia de intervenção
Protecção radiológica
Dose efectiva
Produto dose-área
Data de Defesa: 2011
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A Cardiologia de Intervenção é uma área da medicina, na qual a execução de procedimentos diagnósticos e terapêuticos implica a utilização de fluoroscopia para obtenção de imagens clínicas. Devido à sua complexidade, estes exames envolvem a aquisição de um elevado número de imagens, resultando em longos períodos de exposição aos raios X e altas taxas de dose de radiação ionizante. Justifica-se assim que seja atribuída particular atenção para com as medidas de exposição à radiação e protecção radiológica dos profissionais de saúde e dos pacientes envolvidos nestas intervenções. Este trabalho tem como objectivo avaliar não só as doses ocupacionais dos profissionais expostos durante a execução dos procedimentos de Cardiologia de Intervenção, mas também as doses de radiação recebidas pelos pacientes. Para determinar a dose efectiva e as doses equivalentes recebidas pelos profissionais nas extremidades e no cristalino, utilizaram-se dosímetros termoluminescentes. Os valores de dose dos pacientes foram obtidos a partir da análise dos protocolos do respectivo exame. Para os profissionais, verificou-se que as doses recebidas, embora se encontrem abaixo dos limites estipulados na legislação nacional, são relativamente elevadas. Tal poderá dever-se à necessidade que estes profissionais têm, durante a execução dos procedimentos, em se posicionarem próximo da fonte de radiação e do paciente, sendo estes últimos os responsáveis pelo campo de radiação dispersa a que os profissionais estão sujeitos. Nos pacientes, as doses determinadas para os procedimentos de diagnóstico são semelhantes aos resultados publicados na literatura pesquisada. No entanto, as doses relativas aos procedimentos terapêuticos revelaram-se superiores aos da literatura revista. Conclui-se que os procedimentos de Cardiologia de Intervenção devem ser sujeitos a monitorização e optimização constantes. Assim, todas as acções que sejam tomadas para diminuir a dose no paciente também permitem minimizar a dose ocupacional do profissional, devendo igualmente este adoptar medidas de protecção radiológica no decorrer das intervenções.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10362/7000
Aparece nas colecções:FCT: DF - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Baptista_2011.pdf2,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.