Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12484
Título: Inquietações da alma: Reflexões sobre o simbolismo presente nos temas coadjuvantes de núcleos azulejares portugueses
Autor: Pais, Alexandre
Palavras-chave: Azulejo
Século XVIII
Iconografia religiosa
Data: 2007
Editora: Edições Colibri / Instituto de História da Arte - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/UNL
Resumo: Os estudos da azulejaria portuguesa tendem a ser orientados para a compreensão dos grandes núcleos narrativos, em detrimento das representações consideradas secundárias, como: as albarradas e os vasos floridos, as caçadas e os eremitas, de entre as muitas outras figurações que forram os panos murários de igrejas e conventos. Neste artigo procurar-se-á abordar a temática simbólica destas figurações, comuns na produção azulejar da primeira metade do século XVIII, e apresentar algumas propostas interpretativas a partir da leitura cruzada da Bíblia com o testemunho escrito que dela fizeram místicos e comentadores. O presente artigo procura, pois, reflectir sobre os motivos que conduziram à escolha e colocação destes temas nos panos murários de dois conventos de Lisboa: o da Madre de Deus e o de São Pedro de Alcântara, procurando contribuir, eventualmente, para definir uma interpretação global que possa explicar a sua presença repetitiva em espaços religiosos.
Descrição: Revista do IHA, N.3 (2007), pp.182-197
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10362/12484
ISSN: 1646-1762
Aparece nas colecções:Revista do IHA Nº 3 (2007)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ART_9_PAIS.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.