Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12468
Título: Novas utilizações das potencialidades BIM – produção de informação as-built e apoio à medição de trabalhos realizados com recurso a realidade aumentada
Autor: Martins, Francisco Miguel Marques
Orientador: Cachadinha, Nuno
Palavras-chave: Building information modeling
Fase de exploração
Modelos as-built
Autos de medição
Realidade aumentada
Data de Defesa: 2014
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: As vantagens na utilização de modelos Building Information Modeling (BIM) tridimensionais (3D) na fase de exploração das construções têm sido estudadas nos últimos anos. Sabe-se que as operações de manutenção e reparação podem ser feitas de forma mais rápida e menos dispendiosa utilizando modelação BIM. Porém, o sucesso destas operações é influenciado pela capacidade de o modelo BIM reproduzir fielmente a realidade. Surge, assim, a necessidade de obter modelos actualizados que consigam representar de forma precisa o que foi construído, designados por modelos as-built. No entanto, uma vez criado na fase de projecto, o modelo BIM permanece qua-se sempre inalterado até ao final da obra, ignorando todo um conjunto de alterações que, por variadas razões, são introduzidas ao projecto inicial. O presente estudo apresenta um modelo conceptual que tem por objectivo contribuir para resolver o problema da actualização dos modelos BIM durante a fase de construção. O modelo integra um método para detectar e registar alterações aos projectos de construção, que tem por base a produ-ção de autos de medição apoiados em quantidades extraídas dos modelos BIM, com a Realidade Aumentada (RA) a permitir a visualização do modelo sobre o ambiente real. Essa é , aliás, uma característica fundamental para a identificação de alterações. As alterações registadas são depois utilizadas para actualizar os modelos BIM. De acordo com o proposto neste trabalho, os autos de medição dependerão do modelo BIM. Isso levará a que seja do interesse do empreiteiro e do dono de obra manter o modelo actualizado. Aplicados os procedimentos do modelo, identificam-se vantagens na medição de quantidades. As operações de medição passam a ter uma menor dependência do operador, sendo os erros e impre-cisões reduzidos, ao mesmo tempo que essa tarefa é desempenhada de forma mais rápida. Além disso, uma vez que o modelo prevê a utilização do mesmo modelo BIM por todos os intervenien-tes, reduzem-se também as divergências nas quantidades apuradas.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau Mestre em Engenharia Civil – Perfil de Construção
URI: http://hdl.handle.net/10362/12468
Aparece nas colecções:FCT: DEC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Martins_2014.pdf3,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.