Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/11166
Título: Perfil de sustentabilidade do setor público: o caso da administração pública central portuguesa
Autor: Figueira, Inês Alexandra dos Santos
Orientador: Ramos, Tomás B.
Palavras-chave: Organizações do setor público
Práticas e ferramentas de sustentabilidade
Inquérito
Administração pública central
Portugal
Data de Defesa: 2013
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: O desenvolvimento sustentável e a construção de sociedades mais justas e participativas são duas das principais metas dos países. Porém, para que tal seja possível, é essencial que os Governos e as organizações (públicas e privadas) incorporem todas as vertentes da sustentabilidade na definição dos seus objetivos e metas, nas suas operações e processos e na avaliação e promoção do seu desempenho. Neste contexto, o setor público desempenha um papel fundamental, pois lidera e define as iniciativas estratégicas que vão determinar o destino dos países, influenciando as sociedades e o seu sucesso. Contudo, este setor tem sido frequentemente deixado fora do âmbito dos estudos sobre a integração da sustentabilidade. Esta dissertação tem por objetivo identificar as práticas e ferramentas de sustentabilidade adotadas pelas organizações do setor público, utilizando como caso de estudo a Administração Pública Central Portuguesa (APCP). Para atingir tal objetivo, desenvolveu-se um inquérito por questionário que foi submetido às organizações da Administração Direta e Indireta, inseridas no universo do Plano de Redução e Melhoria da Administração Central (PREMAC), e cuja área de influência fosse maioritariamente nacional. Com base na avaliação do grau de integração das referidas práticas, foi traçado o perfil de sustentabilidade da APCP. Os principais resultados evidenciam que, apesar das organizações terem implementado algumas práticas em larga escala, existem certas áreas onde é necessária uma maior aposta, nomeadamente na área ambiental, a dimensão da sustentabilidade mais negligenciada. Fica patente a necessidade premente destas organizações aumentarem o investimento na sustentabilidade, impulsionando os restantes setores a adotarem um comportamento semelhante. Espera-se que este trabalho de investigação, ao reunir as diferentes práticas e ferramentas utilizadas por este setor, e ao detetar as áreas mais negligenciadas, possa estimular e promover uma Administração Central mais sustentável.
Descrição: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, Perfil de Ordenamento do Território e Impactes Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10362/11166
Aparece nas colecções:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Figueira_2013.pdf1,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.