Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/57139
Título: Estudo de biomarcadores e de novas terapias na tumorigénese e metastização do cancro do cólon e do reto
Autor: Santos, Mariana Balsa dos
Orientador: Valeroso, Maria Cristina
Palavras-chave: CCR
TCF7L2
isformas
circRNA
SW480
LoVo
Data de Defesa: 19-Dez-2018
Resumo: O cancro do cólon e do reto (CCR) é um dos cancros mais letais, principalmente devido à resistência às terapias e diagnóstico tardio. Assim, é imperativo o desenvolvimento de novas terapias e identificação de biomarcadores. O TCF7L2 (transcription factor 7 like2) é um importante componente da via Wnt, mutações neste gene estão associadas ao CCR. Neste estudo, foi analisado o genótipo de polimorfismos localizados na região promotora, em indivíduos com CCR. Os resultados apontam para uma correlação entre a homozigotia para o alelo normal, com o risco familiar. O gene TCF7L2 tem vários locais de splicing alternativo neste estudo, analisou-se, através de RT-qPCR a expressão das junções 1-2, 3-4, 3-5 e 7-8 e o genótipo de 4 polimorfismos localizados nos intrões 4 e 5. Os resultados não demonstraram uma correlação entre o genótipo dos polimorfismos e a alteração da expressão de isoformas, mas pareceram demonstrar uma correlação entre a expressão de isoformas sem o exão 4 e o aumento da probabilidade de recidivar. Com o objetivo de perceber se isoformas com repetição de exões dos genes TCF7L2, PROM1 e CD44, poderiam corresponder a RNA circular (circRNA), amplificou-se por PCR, através de pares de primers específicos, junções de exões destes genes. Embora os resultados sugiram a existência de circRNA é necessária a realização de mais estudos. A fim de direcionar o tratamento para diferentes subtipos de CCR, avaliou-se a resposta das linhas celulares de CCR, LoVo e SW480 a diferentes compostos. Observou-se um efeito anti-proliferativo significativo dos nutracêuticos, que podem vir a ajudar a superar a resistência aos fármacos em vigor. Os resultados apontam para a necessidade da adoção de estratégias terapêuticas mais personalizadas, i.e. mais orientadas para o subtipo de tumor. Destacando-se o Gant61 para o tratamento de subtipos de tumores representados pela LoVo e a azacitidina para os representados pela SW480.
URI: http://hdl.handle.net/10362/57139
Designação: Mestrado em Genética Molecular e Biomedicina
Aparece nas colecções:FCT: DCV - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Santos_2018.pdf3,24 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.