Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/4029
Título: Reengenharia de processos na indústria farmacêutica
Autor: Carvalho, José Luís Adrião
Orientador: Barroso, Ana
Marques, Ludgero
Palavras-chave: Reengenharia de processos
Lean six sigma
Lean
DMAIC
Custo
Desperdícios
Data de Defesa: 2010
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: Numa época de grave crise económica com a maioria dos mercados a registarem recessões significativas impõem-se a mudança de paradigmas e das abordagens de gestão tradicionais. Tendo em conta o mercado cada vez mais concorrencial, questões relacionadas com a qualidade e o baixo custo adquirem vital importância para a subsistência da maioria das empresas. Assim, a garantia de prosperidade dos negócios das empresas poderá ser atingida através da análise e da reengenharia dos seus processos, visando a eliminação de tudo o que não acrescente valor para a empresa, isto é, a eliminação de desperdícios. A metodologia Lean Six Sigma surge da fusão da metodologia Lean (com origem no Toyota Production System) e da metodologia Six Sigma (com origem na Motorola). A sua aplicabilidade há muito que passou as barreiras dos processo de produção sendo, actualmente, aplicada aos serviços. Tem vindo a afirmar-se no contexto mundial, com diversas empresas a implementarem as suas técnicas e ferramentas e a obterem bons resultados na redução de custos, na melhoria de qualidade, na relação com o cliente e no relacionamento entre os intervenientes nos processos da empresa. A presente dissertação propõem a aplicação de ferramentas e técnicas Lean Six Sigma ao contexto real de uma empresa da indústria farmacêutica e que se encontra inserida num mercado fortemente concorrencial, com o objectivo de proporcionar a criação de valor e a eliminação de desperdícios. Para o desenvolvimento do caso de estudo recorreu-se a inúmeras ferramentas Lean Six Sigma, nomeadamente, 5S, Workflow Diagrams, Kaizen, Andon, Standard Work, Matriz de Prioridades (GUT), 5WHY‟s, Brainstorming, SIPOC, entre outras técnicas da engenharia industrial, tendo como metodologia de abordagem o ciclo DMAIC. O caso de estudo permite reconhecer a importância desta metodologia que é sustentada pelos ganhos obtidos e pelo investimento nulo na maioria das situações. São evidenciadas algumas das limitações metodologia e é realçado o aspecto de complementaridade com a ergonomia de postos de trabalho.
Descrição: Dissertação apresentada para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia e Gestão Industrial pela Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10362/4029
Aparece nas colecções:FCT: DEMI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Carvalho_2010.pdf4,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.