Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/21993
Título: Antroponímia da língua Umbundu: o antropónimo como fenómeno de cultura
Autor: Livamba, Domingos Luis
Orientador: Lino, Maria Teresa Rijo da Fonseca
Palavras-chave: Antroponímia
Língia umbundu
Harmonização gráfica
Lexicologia
Anthroponymy
Lexicology
Umbumdu Language
Graphical standardization
Data de Defesa: 30-Jun-2017
Resumo: Esta investigação tem como tema a Antroponímia na língua Umbundu: o antropónimo como fenómeno de cultura, muito em especial na Província do Huambo (Angola). Atribuir um nome a uma pessoa é um fenómeno de cultura e de identidade. Desde a criação do mundo houve a necessidade de se atribuir nomes a tudo quanto existe: animais, montanhas, localidades, rios, bem como ao próprio homem. O nome do indivíduo deve ser portador de sentido, o que implica o conhecimento da língua da comunidade à qual pertence. O estudo do significado dos antropónimos na língua Umbundu é uma área pouco explorada, na medida em que os trabalhos são bastante escassos. O presente trabalho investigativo visou fundamentalmente propor uma base de dados antroponímica, contribuindo para o estudo e harmonização gráfica da Antroponímia na língua anteriormente referida. Procuramos incluir na base de dados os antropónimos frequentes explicitando as suas línguas de origem, significados e referidas fontes, no caso dos nomes próprios (geralmente em Português) com o propósito de conhecer os seus significados e perceber as principais diferenças entre os dois sistemas linguísticos (Português e Umbundu). Para os apelidos (geralmente em Umbundu), além dos significados ou provérbios com que se relacionam, procuramos indicar as variantes gráficas e propusemos uma harmonização gráfica bem como a sua transcrição fonética tendo em conta a pertinência e a fiabilidade das fontes consultadas. Esperamos que este trabalho possa vir a dar algum contributo para investigações futuras em antroponímia, ajudando a delimitar os aspectos de interesse para a análise de antropónimos que reflectem os fenómenos sociais e de cultura. Este trabalho poderá tornar-se numa fonte de consulta para funcionários administrativos que lidam regularmente com registos de antropónimos, fundamentalmente em Cartórios Notariais e Igrejas, entre outros. Pretende-se também alertar a sociedade civil, fundamentalmente os pais e os encarregados de educação a seleccionarem critérios rigorosos na atribuição de nomes próprios e apelidos às crianças.
The topic of this research is Anthroponymy in Umbundu: Anthroponyms as a Phenomenon of Culture, with emphasis on the Huambo Province (Angola). Giving somebody a name is a phenomenon of culture and identity. Ever since the world was created, we have had the need to attribute names to everything that exists: animals, mountains, places, rivers, as well as Man himself. The name of a person must bear meaning, which implies knowing the language of the community to which that person belongs. The study of the meaning of anthroponyms in the Umbundu language is not particularly widespread since works on this topic do not abound. The main purpose of this research was to design an anthroponomical database, thus contributing to the study and graphical standardization of anthroponyms in the Umbundu language. We have tried to include the most frequent anthroponyms in this database, identifying their languages of origin, their meanings and the sources we have used, both for given names (usually in Portuguese) with the purpose of knowing their meanings and perceiving the main differences between the two linguistics systems (Portuguese and Umbundu). For surnames (usually in Umbundu), we have also included the meanings or proverbs to which these names relate. We have tried to indicate their graphic variations and suggest their graphical standardization as well as their phonetic transcription, considering both the pertinence and the reliability of the sources. We hope that this project may contribute to future research on anthroponyms by helping to identify the interesting aspects related to the analysis of anthroponyms, which reflect social and cultural phenomena. This project may become a reference source for clerical workers who deal with the register of anthroponyms every day, particularly at Register Offices and Churches, among others. We also intend to raise awareness of the people in general, namely parents and guardians, for the need to look for strict criteria when choosing given names and surnames for children.
URI: http://hdl.handle.net/10362/21993
Designação: Terminologia e Gestão da Informação de Especialidade
Aparece nas colecções:FCSH: DL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
VERSÃO APÓS A DEFESA-Livamba.pdf5,08 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.