Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/15040
Título: Rostos da Lusitânia: uma introdução ao retrato escultórico na Antiguidade Clássica e Antiguidade Tardia no actual território português
Autor: Limão, Filomena
Palavras-chave: Retrato
Escultura
Civilização Romana
Lusitânia
Civilização Grega
Data: 2015
Editora: Associação Portuguesa dos Historiadores da Arte (APHA)
Resumo: O retrato é um meio de alcançar a imortalidade. Tal como o nome, o rosto permanece na memória, para além da morte. O retrato é o triunfo da vida. Esta associação de ideias está muito presente na Antiguidade Clássica e Tardia, bem como nas civilizações pré-clássicas, nomeadamente na Egípcia. Uma reflexão introdutória sobre o conceito de retrato, observando-o com os olhos da Antiguidade grega, romana e da Antiguidade Tardia, é um dos objectivos deste pequeno trabalho. As palavras de José-Augusto França, “o retrato assume, por excelência, o equívoco de toda a arte figurativa ou representativa, na medida em que se refere a um modelo preciso, que tende a ser identificado”1, constituem um desafio que nos norteia nas considerações a que nos propomos com os Rostos da Lusitânia.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10362/15040
DOI: ISBN 978-989-20-4815-4.
Aparece nas colecções:FCSH: DH - Documentos de conferências nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Actas IV CHAP-Filomena Limão final.pdf662,13 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.