Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/14515
Título: Anti-sepulcro - Desprivatização de memórias, memória pública e contra hegemonias
Autor: Godinho, Paula
Data: 2013
Editora: Através Editora
Resumo: Este trabalho, enquadrado em certa medida no exercício da história transnacional, atende e entende sobre a comunidade portuguesa na Galiza nas quatro décadas anteriores à Guerra Civil, as mais ativas e fecundas no progresso social, material e político da Galiza contemporânea até ao fim do século XX. E, de modo singular, sobre as consequências que o golpe de estado de 18 de Julho 1936 teve para a cidadania de origem portuguesa residente na Galiza, analisando as formas que a posterior repressão adotou. A identificação deste coletivo e a descoberta da sua importância naquele contexto repressivo permitem portanto uma nova abordagem da sua presença como corrente migratória, do seu grau de integração laboral e social, e também avançar na caracterização das perseguições perpetradas pelos golpistas. A origem política, laboral, pessoal e territorial dos portugueses e portuguesas e as formas da sua integração neste período na Galiza são desvendadas neste livro e ainda adquirem uma nova leitura à luz, precisamente, dos acontecimentos de 1936.
Descrição: in PEREIRA, Dionisio (coord.). 2013. Emigrantes, Exilados e Perseguidos - A comunidade portuguesa na galiza (1890-1940), Santiago de Compostela, Através Editora.
URI: http://hdl.handle.net/10362/14515
ISBN: 978-84-87305-78-8
Aparece nas colecções:FCSH: DA - Capítulo de livros internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Antisepulcro_PaulaGodinho.pdf1,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.