Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/12429
Título: Memória e imagem. Reflexões sobre escultura tumular portuguesa (Séculos XIII e XIV)
Autor: Silva, José Custódio Vieira da
Palavras-chave: Memória
Imagem
Escultura tumular
Século XIII-XIV
Portugal
Data: 2005
Editora: Edições Colibri / Instituto de História da Arte - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/UNL
Citação: Silva, José Custódio Vieira da, "Memória e imagem. Reflexões sobre escultura tumular portuguesa (Séculos XIII e XIV)" in Revista de História da Arte, N.1 (2005), pp. 46-81
Resumo: A reflexão sobre a novidade que a invenção do jacente representa, em termos artísticos e mentais, constitui o ponto de partida para a análise da evolução dos espaços funerários na arquitectura europeia ao longo da Idade Média e das funções e objectivos da representação escultórica tumular: de memória individual – o monumento, e de memória social – a imagem de si. Neste contexto, procede-se de seguida à inventariação e entendimento dos temas, das representações dos principais centros de produção artística, para se concluir com alguns casos particulares: um contrato de encomenda de um túmulo e as arcas tumulares de D. Pedro I e de D. Inês de Castro.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10362/12429
ISSN: 1646-1762
Aparece nas colecções:Revista do IHA Nº 1 (2005)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ART_2_Custódio_RHA1.pdf2,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.