Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9759
Título: Caracterização da população diabética e impacto da diabetes mellitus na região do norte alentejano
Autor: Graça, Helena Isabel Ricardo da
Orientador: Santana, Rui
Palavras-chave: diabetes mellitus
doença crónica
prevalência
custos
internamento hospitalar
diabetes mellitus
chronic disease
prevalence
costs
hospital admission
Data de Defesa: 2012
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - Actualmente, a diabetes mellitus é a doença crónica que representa o maior desafio aos sistemas de saúde, e é um importante problema de saúde pública, tanto no que concerne ao crescente aumento do número de pessoas afectadas pela doença, incapacidade, morbilidade e mortalidade prematura, como nos custos envolvidos no controlo e tratamento das suas complicações. Nesse sentido, e consciente do grande peso económico e epidemiológico que a diabetes mellitus acarreta, este trabalho versa sobre: (1) identificar a prevalência da diabetes mellitus, em 2010, na região do Alto Alentejo; (2) conhecer as evidências sobre as intervenções e cuidados prestados aos diabéticos desta região; e (3) analisar os custos directos com o internamento hospitalar, cujo diagnóstico principal foi a diabetes, no ano 2010, nesta região. Através deste estudo, constatamos que a diabetes, na região do Alto Alentejo, no universo dos diabéticos identificados (n=8.767), representou uma prevalência de 7,7 diabéticos por 100 habitantes. Quanto ao género, a prevalência é superior no sexo feminino (8,1%), em relação ao sexo masculino (7,2%). A média da idade foi de 67,5 anos, e verificou-se que a diabetes aumenta em grande escala com a idade, encontrando-se uma taxa de prevalência superior em idades acima dos 60 anos. Referente ao seguimento dos cuidados de saúde prestados pela ULS aos doentes com diabetes mellitus, fica muito aquém do que as Guidelines definem, para os cuidados prestados a estes doentes, tanto em termos de seguimento da própria doença, como na prevenção das suas complicações. Em relação ao internamento hospitalar, em 2010, registaram-se 255 episódios cujo diagnóstico principal foi a diabetes mellitus (250.xx), correspondendo estes casos a um total de 761.990€. A demora média de internamento foi de 10 dias (11,5 para o sexo masculino e 8,5 para o sexo feminino) e, a média das idades situa-se nos 65,5 anos.
ABSTRACT - Nowadays, diabetes mellitus is the chronicle disease that represents the biggest challenge health systems have to face. It is also a public health problem, not only because of the growing number of people affected by the disease, incapacity, morbidity and premature death, but also because of the costs of controlling it and its complications. Accordingly, and being aware of the great economical and epidemiological weight that diabetes mellitus has, this work aims to: (1) identify the prevalence of diabetes mellitus in 2010 in the region of Alto Alentejo; (2) know the evidence about the surgical interventions and health care done to diabetic patients in this region; and (3) analyse direct costs of hospital admissions in which the main diagnosis was diabetes, in 2010, in this region. Through this study, was found out that diabetes in Alto Alentejo, represented a prevalence of 7.7 diabetic per 100 inhabitants in the universe of the identified diabetic patients (n=8.767). When looking at gender, the prevalence is higher in females (8.1%) than in males (7.2%). The average age was 67.5 years old and it was detected that diabetes increases a lot with ageing by finding a higher prevalence in ages above 60. In what health care follow up by ULS to diabetes mellitus patients is concerned , both disease follow up and its complications prevention are far behind the Guidelines. When accounting for hospital admissions, in 2010 there were 255 cases in which the main diagnosis was diabetes mellitus (255.xx) and this corresponded to a total cost of 761.990€. The average hospital admission time was 10 days (11.5 male and 8.5 female) and the average age was 65.5 years old.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9759
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Helena Graça.pdf2,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.