Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9403
Título: Diabetes : percepção da doença e auto-cuidado
Autor: Malta, Joana Isabel Roque Fernandes
Orientador: Loureiro, Maria Isabel
Maia, Teresa
Palavras-chave: Percepção da doença
Adesão
Diabetes
Perception of the disease
Adherence
Diabetes
Data de Defesa: 2011
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - O aumento da prevalência da diabetes e a baixa adesão ao seu tratamento estão associados a um mau controlo metabólico, desenvolvimento de complicações, aumento dos custos económicos e ineficiência do sistema de saúde. De acordo com o modelo de auto-regulação, o estudo das representações da doença permite predizer os comportamentos dos doentes face a esta patologia. O objectivo do estudo é verificar a existência de relação entre a forma como os diabéticos tipo 2 percepcionam a sua doença, de acordo com o modelo de auto-regulação de Leventhal e colaboradores, e a adesão às actividades de auto-cuidado da diabetes. Consiste num estudo observacional, descritivo, analítico, do tipo transversal, a desenvolver em Cuidados de Saúde Primários. A amostra é constituída por 339 indivíduos diabéticos, de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 20 anos e com diagnóstico de diabetes tipo 2 há mais de 6 meses. Trata-se de uma amostra probabilística, aleatória simples, seleccionada numa Unidade de Saúde Familiar (USF). A recolha de dados é realizada através do preenchimento de uma ficha de caracterização socio-demográfica e clínica, a partir do processo clínico electrónico, e através da aplicação de dois questionários de auto-preenchimento. Os resultados são analisados através do Statistical Program for Social Sciences (SPSS) – versão 17.0.
ABSTRACT - The increasing prevalence of diabetes and poor adherence to treatment, results to a poor metabolic control, development of complications, increased costs and inefficiencies to the health system. According to the self-regulation model, the study of illness representations predicts behavior towards the disease. The aim of the study is to verify the existence of a relationship between perception of the disease in type 2 diabetics, according the self-regulation model by Leventhal and colleagues, and adherence to self-care activities of diabetes. It consists of an observational, descriptive, analytical, cross study to developed in Primary Health Care. The sample consisted of 339 diabetic subjects of both sexes, aged 20 years and above, and diagnosed with type 2 diabetes mellitus for more than six months. This is a simple random, probability sample, selected from a Family Health Unit. Data collection is done by filling in a form of socio-demographic and clinical, from the electronic medical file, and through the application of two self-completion questionnaires. The results are analyzed using the Statistical Program for Social Sciences (SPSS) – version 17.0.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9403
Aparece nas colecções:ENSP: PPS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Joana Malta.pdf1,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.