Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9402
Título: Tuberculose nos imigrantes : análise comparativa entre os biénios 2000-2001 e 2008-2009 das características sóciodemográficas e clínicas dos casos de tuberculose em Portugal Continental
Autor: Gomes, Rute
Orientador: Nunes, Carla
Dias, Sónia
Palavras-chave: Saúde e migrações
Epidemiologia da tuberculose
Tuberculose e imigração
Health and migration
Epidemiology of tuberculosis
Tuberculosis and immigration
Data de Defesa: 2011
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - Objectivos: Este estudo pretende caracterizar os casos de Tuberculose notificados em Portugal Continental, em função das suas características sociodemográficas e clínicas, aferir a sua evolução através da comparação dos biénios 2000/2001 e 2008/2009 e a possibilidade de existência de diferenças entre os casos de Tuberculose na população imigrante e não imigrante. Métodos: Foi desenvolvido um estudo descritivo de casos notificados nos biénios 2000/2001 (n= 9182) e 2008/2009 (n= 6087). A fonte de dados foi o Sistema De Vigilância Intrínseco ao Programa Nacional de Luta contra a Tuberculose (SVIG-TB). Para calcular as incidências foram utilizados os dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística e pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras referentes à população não imigrante e imigrante residente em Portugal. Foi utilizado o teste do Qui-quadrado e o teste exacto de Fisher para analisar possíveis relações entre variáveis qualitativas. O teste de Mann-Whitney foi utilizado para comparação da distribuição entre variáveis quantitativas nos dois grupos. A odds ratio foi determinada para aferir a força de associação entre as variáveis e a condição de imigrante. Resultados: No biénio 2000/2001, 10,2% dos casos notificados eram de imigrantes e no biénio 2008/2009 aumentou para 13,3%. Relativamente às características sociodemográficas dos pacientes, observaram-se diferenças estatisticamente significativas apenas na idade. Nas características clínicas observaram-se diferenças significativas em algumas patologias associadas, nomeadamente na infecção VIH (p <0,001: OR=1,696).Quanto aos factores de risco, observaram-se diferenças no consumo do tabaco (p <0,001: OR= 0,499) e drogas (p <0,001; OR= 0,582). Relativamente à situação final de tratamento existem diferenças significativas nas categorias em tratamento (p <0,001;OR=0,661), tratamento completo (p <0,001;OR =1,293) e morte (p <0,001; OR=1,806). Conclusões: O número de casos de Tuberculose em Portugal, bem como a taxa de incidência, diminuíram do biénio 2000/2001 para o biénio 2008/2009 em ambos os grupos. Os imigrantes são mais jovens, têm maior risco de infecção VIH e menor risco de patologias crónicas.
ABSTRACT - Objective: This study aims to describe the TB cases reported in Portugal, according to their sociodemographic and clinical characteristics and to investigate possible differences between en the cases according to nationality. Methods: We performed a descriptive study of cases diagnosed in the biennia 2000/2001 (n = 9182) and 2008/2009 (n = 6087). The data source was the SVIG-TB. Incidences were calculated with populations released by the National Institute of Statistics and the Office for Foreigners and Borders. We used the chi-square and Fisher's exact test to analyze possible relationships between qualitative variables. The Mann-Whitney test was used to compare the distribution of quantitative variables between groups. The odds ratio was determined to assess the strength of association between variables and immigration status. Results: In the 2000/2001 biennium, 10, 2% of reported cases were foreigners and increased to 13, 3% in the 2008/2009 biennium. Sociodemographic characteristics showed significant differences only in age (foreigners younger than Native-born). Clinical differences were observed in some malignancies, particularly in HIV infection (p <0,001, OR = 1,696). Regarding risk factors, differences were observed in tobacco (p <0,001, OR= 0,499), drugs (P <0,001, OR= 0,582). For the final position of treatment there are significant differences in the categories in treatment (P <0,001; OR= 0,661), complete treatment (P <0,001, OR =1,293) and death (P <0,001, OR= 1,806) Conclusions: The number of TB cases in Portugal, as well as the incidence rate, decreases between the 2000/2001 biennium to 2008/2009 biennium in both groups. Immigrants are younger, have higher risk of HIV infection and lower risk of chronic disease.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9402
Aparece nas colecções:ENSP: PPS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Rute Gomes.pdf1,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.