Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9401
Título: Incidência do cancro do estômago e do pulmão : um estudo espacio-temporal na região sul de Portugal Continental entre 2000-2008
Autor: Parreira, Paula Alexandra Ravasqueira
Orientador: Nunes, Carla
Palavras-chave: Cancro do pulmão
Cancro do estômago
Análise de clustering espaciotemporal
Áreas de risco
Estudo ecológico
Lung cancer
Stomach cancer
Clustering spatio-temporal analysis
Risk areas
Ecologic study
Data de Defesa: 2011
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - Enquadramento/Objectivos: As doenças oncológicas constituem a segunda causa de morte em Portugal, e têm um profundo impacto psicossocial, não só pela sua elevada incidência e mortalidade mas também pelos enormes custos envolvidos na sua prevenção, tratamento e reabilitação. De acordo com estudos anteriores, existem disparidades geográficas na incidência da doença oncológica. É por isso indispensável caracterizar e analisar as diferentes distribuições espaciais no tempo e no espaço, para controlar a doença e promover a saúde, contribuindo ao mesmo tempo para uma melhor compreensão da etiologia da doença. Este projecto compreende 3 objectivos principais que são: a caracterização de distribuição espacio-temporal do cancro do pulmão e do cancro do estômago, separadamente e em conjunto, na região sul de Portugal Continental (abrangida pelo ROR-Sul) no espaço temporal de 2000 a 2008, procurando identificar potenciais áreas de risco no desenvolvimento destes tumores. Metodologia: Numa primeira fase realizou-se um estudo descritivo das taxas de incidência dos tumores aqui retratados por idades, por sexo, por ano e por distritos. Posteriormente com o objectivo de identificar a presença de áreas de elevada incidência, procedeu-se à análise de clustering espacio-temporal das taxas de incidência ao nível dos concelhos na região do estudo, em 2000-2008. Resultados: Os resultados da análise descritiva revelaram que ambos os tumores são mais incidentes nos homens do que nas mulheres e que estes são igualmente mais incidentes em pessoas com mais de 75 anos. A análise de clustering espacio temporal permitiu verificar a existência um padrão geográfico heterogéneo da incidência de ambos os tumores, da qual resultaram 3 clusters para o cancro do estômago e 2 clusters para o cancro do pulmão (p <0,001). Os clusters do estômago pertencem maioritariamente à região do Alentejo e os clusters do cancro do pulmão à região da grande Lisboa. Conclusões: Os resultados da análise de clustering demonstraram um padrão heterogéneo da distribuição da incidência dos dois cancros na região e período temporal do estudo. As zonas identificadas de elevado risco são diferentes para ambos o tumores. A região que apresenta maior risco para o desenvolvimento do cancro do estômago é o Alentejo e do pulmão é o distrito de Lisboa.
ABSTRACT - Background/Objectives: Oncologic diseases are the second main cause of death in Portugal and have a strong impact, not only for its high incidence and mortality, but also by its strong psychosocial impact on patients and their families with significant repercussions in social and economic structures. According with previous studies, there are strong geographical disparities in the incidence of malignant disease. It is therefore essential characterize the spatiotemporal distribution in order to control the disease and promoting health, contributing to a better understanding of disease etiology. This project comprises three main objectives which are: the characterization of spatialtemporal distribution of lung cancer and stomach cancer, separately and together, in the southern region of mainland Portugal (covered by ROR-Sul) in the timeline from 2000 to 2008, seeking to identify potential areas of risk in developing these tumors. Methodology: Firstly was preformed a descriptive analysis of incidences ratios distribution by age, and gender, per year and per districts. After, with the objective to identify high incidence areas, it was preformed a spatiotemporal analyses, using spatial scan statistics, to identify significant clusters of high incidences. Results: Statistic descriptive showed that incidences of these particular cancers are higher in man than in woman, and the critical age group was 75+. The spatiotemporal analyzes showed high asymmetries in both cancer incidences. According these results was indentified three main clusters for stomach cancer and two main clusters for lung cancer in different periods of time (p ≤ 0,001). The lung cancer clusters are composed by municipalities from the regions of Lisboa, while the stomach cancer clusters, mainly include municipalities from the Alentejo region. Conclusions: The clustering analysis results showed a marked heterogeneity in the incidence of lung and stomach cancer among the different regions of the southern area of the country. Overall, the region that is considered at higher risk for developing stomach cancer is the interior region of Alentejo. Lisbon district is the region that presents a major risk for lung cancer developing.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9401
Aparece nas colecções:ENSP: PPS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Paula Parreira.pdf1,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.