Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/9322
Título: O contributo para a defesa da integração de técnicos de medicina física e reabilitação nos cuidados continuados
Autor: Andrade, Mónica Carina Rodrigues
Orientador: Faria, Paula Lobato
Aguiar, Pedro
Palavras-chave: Envelhecimento da população
AVC
Reabilitação
Técnicos de medicina física e reabilitação
Aging
Stroke
Rehabilitation
Rehabilitation technical and rehabilitation
Data de Defesa: 2011
Editora: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Resumo: RESUMO - Os Cuidados Continuados Integrados surgem de forma a dar uma resposta adequada à sociedade do século XXI, marcada pelo envelhecimento e pelo alto potencial incapacitante da população. As Unidades de Cuidados Continuados Integrados existentes em Portugal, estão, sobretudo, vocacionadas para o tratamento e reabilitação de pacientes do foro cardiovascular, mais precisamente de utentes com Acidente Vascular Cerebral. A reabilitação efectiva dos utentes pós-AVC implica a existência de uma abordagem multidisciplinar, direccionada para a diminuição da incapacidade e para o aumento da funcionalidade dos utentes, potenciando o seu regresso e participação nas actividades da vida diária. O presente trabalho, apresenta-se como um estudo piloto, com uma abordagem quantitativa e longitudinal, e tem como objectivo principal aferir o impacto da integração de Técnicos de Medicina Física e Reabilitação na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados na reabilitação efectiva dos utentes pós-AVC. Para esse efeito, utilizou-se a Escala de Medida de Independência Funcional, para avaliar o estado dos utentes no momento da sua admissão na Unidade de Cuidados Continuados Integrados e a sua evolução que os mesmos apresentavam na alta hospitalar, após submissão ao programa de reabilitação. Após a análise dos resultados, concluiu-se que, os utentes objecto deste estudo, à data da sua alta hospitalar, apresentaram melhorias significativas na sua reabilitação.
ABSTRACT - The integrated care was developed in order to answer adequately to the society of the twenty¬ first century, marked by aging and by the high potential crippling of the population. The long-term care units in Portugal are mainly dedicated to the treatment and rehabilitation of cardiovascular patients in the forum, specifically for patients with a stroke. The effective rehabilitation of patients after a stroke involves a multidisciplinary approach, in order to allow the reduction of the disability and the increase of the patients’ functionality, enhancing their return and participation in activities of daily living. With this work we aim at presenting a pilot study involving a quantitative and longitudinal approach, with the purpose of assessing the impact of rehabilitation technical integration on long-term care units effective in the rehabilitation of post-stroke patients. The objective of this study was to evaluate, using the Functional Independence Measure, the state of users at the time of their admission to the UCCI and the evolution they had in the hospital, after undertaking the rehabilitation program. Based on our analysis, we conclude that the patients involved in this study, at the time of hospital discharge, showed significant improvements in their rehabilitation.
URI: http://hdl.handle.net/10362/9322
Aparece nas colecções:ENSP: GOSS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Dissertação de Mestrado - Monica Andrade.pdf1,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.