Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/8088
Título: Fatalidade e política. Poética do trágico e constituição política do Ocidente
Autor: Parreira, Francisco Luís de Oliveira
Palavras-chave: Heidegger
Platão
Aristóteles
Maquiavel
Hobbes
Shakespeare
Hegel
Data de Defesa: Jun-2012
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: um legado clássico, reiterado e ampliado na época moderna, que o "político" não se confunda com o espaço da política e do Estado, do qual foi separado e isolado, e de que ambos se instituem numa reciprocidade de negação. É no quadro desta restrição negativa que tem lugar a questão do acesso adequado ao espaço da política. Neste contexto, a superação desta cisão e a restauração de um sentido do "político" pressupôs, pelo menos naqueles pensadores que não a negaram, a recuperação de uma relação fundacional do político. A presente dissertação pretende avaliar de que modo e em que termos essa recuperação se mostrou intimamente envolvida com uma teoria do trágico e da tragédia e de que modo, nesse contexto, a conceptologia trágica impregnou espontaneamente o pensamento e, por intermédio dele, a prática política. Analisando conceitos de domínio trágico, como os de destino e reconhecimento, à luz da sua abertura política, a presente dissertação argumenta, no seu todo, em favor de uma relação persistente entre formas históricas de crise de representação do político e reemergências históricas de pensamento trágico.
Descrição: Tese de Doutoramento em Ciências da Comunicação
URI: http://hdl.handle.net/10362/8088
Aparece nas colecções:FCSH: DCC - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Fatalidade e Política.pdf4,01 MBAdobe PDFVer/Abrir
Fatalidade e Política_capa e páginas não numeradas.pdf145,01 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.