Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/7438
Título: O tempo na geografia
Autor: Salvador, Regina
Data: 1998
Editora: Colibri
Relatório da Série N.º: ;12
Resumo: O conceito de tempo está intrinsecamente relacionado com o desenvolvimento do pensamento humano, nas suas produções humanísticas e científicas. Encontramo-lo já nos textos sagrados das "grandes religiões do Livro", como por exemplo, no "Eclesiastes" do Antigo Testamento. O "tempo da criação", a "cronologia" e a "duração" constituem categorias, tanto das Ciências Formais como das Ciências da Natureza. O tempo na Geografia é também um produto das categorias gerais acima mencionadas. O impacto do tempo na física e na cosmologia reflecte-se na constmção teórica do meio ambiente. Por seu tumo, a reflexão sobre o Homem e o espaço contribuiu para o aprimoramento dessas mesmas teorias gerais. De Eratóstenes a Mercator, a noção de "distância" influenciou, por sua vez, o conceito de duração. A revolução da Teoria da Relatividade veio corroborar as hipóteses dos pré-socráticos e dos autores da filosofia clássica alemã (desde o geógrafo Kant até ao filósofo da história, Hegel).
URI: http://hdl.handle.net/10362/7438
ISSN: 0871-2778
Aparece nas colecções:Revista da FCSH -1998

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RFCSH12_37_42.pdf4,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.