Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10362/6931
Title: A mulher da roda
Author: Guimarães, Ana Paula
Issue Date: 1996
Publisher: Colibri
Series/Report no.: N.9;
Abstract: Não há começos nesta história. A primeira vez que é vista, a mulher vai a subir para o seu posto, uma roda. Chamamos-lhe assim: a mulher da roda. Apresentemo-la, nestes Encontros Interdisciplinares "Identidade, Tradição, Memória", através da actividade que realiza e do objecto em que a leva a cabo: uma roda de tirar água, um engenho de rega composto por um disco guamecido de alcatmzes (em barro ou folha, presos ao disco, a camba, por meio de vimes, ou ligados às penas, que se retiram quando a água do rio deixa de ter caudal suficiente para accionar a roda e esta passa a ser movida a pé) montado sobre raios, girando todo o conjunto num eixo forte, em madeira como tudo o resto. À medida da água que é preciso pôr em circulação, a mulher, agarrada às travessas, marcha sobre o rasto (estreita tábua de forro que reveste o disco) e acciona toda a estmtura.
Description: pp. 355-366
URI: http://hdl.handle.net/10362/6931
ISSN: 0871-2278
Appears in Collections:Revista da FCSH -1996

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RFCSH9_355_366.pdf13,46 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.