Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/6823
Título: A actualidade da razão sufística na invenção do presente
Autor: Pinto, Maria José Vaz
Data: 1996
Editora: Edições Colibri
Relatório da Série N.º: ;N.9
Resumo: Ao aceitar o convite para participar no encontro interdisciplinar proporcionado pela nossa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, pensei em apresentar uma comunicação que intentasse preencher um triplo objectivo: 1° Situar-se no âmbito da temática geral proposta para estes Encontros; 2° reflectir, de alguma maneira, os trabalhos a que me tenho dedicado nestes últimos anos; 3° envolver uma problemática com incidência directa em questões que são objecto especifico das ciências humanas, se bem que, à partida, tudo o que nós trabalhamos nesta casa seja abrangido por elas. Na seqüência deste propósito, em si mesmo ambicioso, optei por uma intervenção, assumidamente modesta, que se irá articular nos seguintes tópicos: 1. Identidade, tradição e memória: alguns pressupostos cognitivos das posições sofísticas, relativas ao homem e à sociedade; 2. as aporias da razão sofistica: a fragmentação da verdade em múltiplas verdades e o caracter «instmmental» do logos; 3. a conquista da «identidade», individual e colectiva, no plano retórico da adesão a modelos e da produção de consensos; 4. a «actualidade» da razão sofistica na invenção do presente.
Descrição: pp. 17-26
URI: http://hdl.handle.net/10362/6823
ISSN: 0871-2778
Aparece nas colecções:Revista da FCSH -1996

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RFCSH9_17_26.pdf8,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.