Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/5695
Título: Envolvimento parental nos trajectos escolares dos filhos nas escolas integradas e escolas segmentadas
Autor: Gonçalves, Eva Patrícia Duarte
Orientador: Justino, David
Palavras-chave: Escola
Família
Pais
Alunos
Professores
Capital social
Envolvimento parental
Sucesso escolar
Data de Defesa: Set-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: A forma como a escola se relaciona com a família e esta com aquela tem vindo a mudar, não propriamente por necessidades sentidas pelos actores em questão (professores, encarregados de educação e alunos), mas por imposição das mudanças ao nível do contexto económico, social e político. O processo de globalização das economias e das sociedades, a adesão à União Europeia e as modificações ao nível estruturas familiares transformaram o discurso político e social relativamente à escola e à forma como ela deve servir a sociedade. Dos sistemas educativos pretende-se que respondam cada vez mais à necessidade de se integrarem nas dinâmicas locais e de sustentarem os processos de diferenciação social e cultural, o que exige uma maior proximidade das escolas às suas comunidades (constituídas pelas autarquias, empresas, instituições variadas, famílias dos alunos, etc) por forma a aumentar a comunicação e a concertação de objectivos e de estratégias. Também os níveis de escolarização mais elevados dos pais e o cada vez maior acesso a um grande número de informações, faz com que a população de uma forma em geral esteja mais atenta ao que se passa nas escolas. O insucesso escolar dos alunos deixou de poder ser explicado unicamente pela diferenciação de classes como nas teorias da reprodução social e muitos estudos apontam para fortes estratégias de escolarização junto das classes sociais mais desfavorecidas. Outros estudos indicam que a maior proximidade entre famílias e escola e um maior envolvimento parental nos percursos escolares dos filhos, aumenta as probabilidades de sucesso por parte dos alunos. Por influência desses autores e tentando perceber se uma maior disponibilidade de capital social dos alunos e um maior envolvimento parental dos seus pais facilita o sucesso escolar, procurámos saber se as Escolas Integradas possibilitam a obtenção de níveis mais elevados do que as Escolas Segmentadas (onde os alunos frequentam sucessivos espaços físicos e disfrutam de ambientes organizacionais diferenciados, tendo de estabelecer, assim tal como os seus encarregados de educação, novos contactos com novos professores) tal como era preconizado nos objectivos da criação das primeiras.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Sociologia do Conhecimento, Educação e Sociedade
URI: http://hdl.handle.net/10362/5695
Aparece nas colecções:FCSH: DS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação_final_EvaGonçalves.pdf4,53 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.