Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/5496
Título: A dispersão dos Bahá'ís e a estruturação de redes de activismo transnacionais
Autor: Matos, Hanna Beatriz Lopes Saldanha
Orientador: Marques, Maria Margarida
Palavras-chave: Bahá‘ís
Migrações
Dispersão
Redes de activismo transnacionais
Organizações não-governamentais internacionais,
Movimentos sociais transnacionais
Lobbying
Data de Defesa: Set-2010
Editora: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Resumo: Desde a sua criação, a Fé Bahá'í vem desenvolvendo um papel estratégico em termos globais, que em muito ultrapassa as fronteiras do que poderia ser considerado estritamente religioso. Como sabemos, quase todas as religiões envolvem-se de alguma forma em projectos sociais, principalmente no terreno, com comunidades carenciadas e coisas do género, mas poucas apresentam uma estratégia de interferência tão directa na construção de novas políticas públicas de aceitação global junto às esferas de poder mundiais como a Fé Bahá‘í o faz. Tendo em vista a estratégia empreendida pelos bahá‘ís no sentido de articularem-se e mobilizarem a sociedade civil em contextos tão distintos e em áreas tão variadas, pretendo compreender como os bahá‘ís vêm estruturando redes de activismo transnacionais e como estas funcionam. Para tal, à luz das concepções de Sidney Tarrow e de outros autores especialistas na temática do activismo transnacional, tenciono, através desta dissertação, compreender como os bahá‘ís vêm estabelecendo sua estrutura organizacional e relacional, visando o fortalecimento e o aperfeiçoamento de uma agenda transnacional de desenvolvimento social, político e religioso, através do fomento e da estruturação de redes de activismo transncionais. Pretendo realizar uma análise empírica acerca da formação e da dinâmica de tais redes e da mediação prática dessas nos projectos desenvolvidos pelos bahá‘ís. A ideia central é perceber quais os desafios deste tipo de mecanismo, quais são os resultados imediatos da acção dessas redes para o trabalho da Comunidade Internacional Bahá‘í, como se dão os processos de mobilização regionais e internacionais e como tais redes operam. Em termos mais gerais, pretende-se aqui, a partir de conceitos teóricos e de exemplos práticos, explorar e discutir as condições de formação de uma esfera pública transnacional, bem como perceber de que forma, num mundo ainda dominado por uma ordem assente em Estados nacionais, esta esfera se forma e se articula com as esferas públicas à escala nacional.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Migrações, Inter-etnicidades e Transnacionalismo – Área de especialização: Sociologia Política
URI: http://hdl.handle.net/10362/5496
Aparece nas colecções:FCSH: DS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado_Hanna Matos_Curso-Migrações_2010.pdf2,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.