Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/4197
Título: Potencial de poupança energética no parque residencial português
Autor: Silva, Ana Filipa Gonçalves da
Orientador: Seixas, Júlia
Data de Defesa: 2008
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Resumo: A Eficiência Energética nos Edifícios, directamente relacionada com a Utilização Racional de Energia, tanto no sector doméstico como nos serviços, é actualmente uma preocupação essencial tendo em consideração a actual tendência de crescimento dos consumos energéticos nos edifícios(3% ao ano), e a necessidade de redução das respectivas emissões de gases de efeito de estufa. O sector residencial, não sendo o sector português mais consumidor de energia, é aquele em que cada um de nós, cidadãos, pode fazer a diferença na escolha de tecnologias e (nos próprios)comportamentos. Importa, pois, identificar os potenciais de poupança associados ao consumo energético doméstico, de modo a saber quais os pontos de actuação para uma melhor eficiência energética no parque residencial existente em Portugal. O objectivo desta dissertação é identificar o potencial custo-eficaz de eficiência energética nos edifícios residenciais existentes no ano 2000, tendo em conta soluções energéticas disponíveis no mercado. Pretende-se avaliar este potencial enquadrado por diferentes cenários de restrição de emissões de gases com efeito de estufa (no contexto pós-Quioto), sendo utilizado o Modelo TIMES_PT, da Agência Internacional de Energia. Este estudo pretende também contribuir para um melhor conhecimento do potencial de poupança energética, em particular, no Retrofit (isolamento térmico) no sector residencial em Portugal. Adicionalmente, é analisada a resposta do modelo face a reduções no custo de tecnologias de isolamento. As opções a tomar passam pela substituição de equipamentos por outros mais eficientes, em particular nos usos de iluminação e de electricidade específica. A energia solar apresenta um forte potencial de poupança económica e energética para efeitos de aquecimento de águas sanitárias, e as tecnologias de isolamento apresentam uma relação custo-eficácia muito elevada, uma vez que permitem a poupança de grandes quantidades de energia para aquecimento. Para 2020 o potencial de poupança energética verificado é muito mais elevado nas vivendas do que nos apartamentos existentes em 2000, sendo de 37% para as vivendas rurais e de 35% nas vivendas urbanas
Descrição: Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10362/4197
Aparece nas colecções:FCT: DCEA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Silva_2008.pdf2,66 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.