Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/2663
Título: Turmas de percurso curricular alternativo: um processo possivel de inclusão de jovens em risco?
Autor: Valverde, Dulce Maria Rodrigues
Orientador: Alves, Mariana Gaio
Palavras-chave: Insucesso
Abandono escolar
Exclusão
Mudança
Inovação
Inclusão
Percurso curricular alternativo
Data de Defesa: 2009
Editora: FCT - UNL
Resumo: Este estudo apresenta-se como um contributo para a compreensão do processo de inclusão educativa de jovens em risco, integrados em turmas de Percurso Curricular Alternativo. Do ponto de vista do enquadramento teórico, o trabalho centrou-se nas temáticas/conceitos de educação inclusiva, insucesso e abandono escolar, mudança e inovação nas práticas lectivas. Esta investigação teve como finalidade conhecer as perspectivas de EE,Professores e Alunos em relação aos projectos de PCA. Quisemos saber como é que estes projectos contribuíram para a inclusão destes jovens na escola, conhecer sobre as mudanças operadas quer na prática lectiva quer nas atitudes, respectivamente dos professores e alunos,bem como clarificar as perspectivas de futuro dos alunos. Para atingir esta finalidade adoptou-se uma metodologia qualitativa com orientação interpretativa. Participaram no estudo alunos e professores que integravam turmas de PCA e respectivos EE, bem como a Psicóloga do SPO, todos pertencentes a uma escola do concelho de Almada. Os instrumentos mobilizados para recolha de dados foram documentos da escola, questionários de resposta fechada e de resposta aberta, realização de conversas informais e entrevistas a seis alunos. Os resultados parecem apontar para uma visão globalmente positiva por parte de EE, alunos e professores em relação aos projectos de PCA. Esta visão positiva está sistematicamente associada à forma como os alunos se apropriaram destes projectos e ao sucesso por eles alcançado, permitindo combater o abandono escolar e inferir do desejo e vontade por parte destes alunos em prosseguirem os seus estudos. Neste contexto, recorrer a este tipo de projectos pode ser um processo possível de inclusão de jovens em risco. Finalmente, o estudo sugere que mudar será a palavra-chave. A Educação Inclusiva, deverá ser o novo paradigma de escola organizada, em conformidade com um conjunto de valores de respeito, solidariedade, responsabilidade e qualidade para todos os alunos(Rodrigues 2000).
Descrição: Dissertação apresentada para a obtenção do Grau de Mestre em Ciências da Educação Especialidade em Educação e Desenvolvimento
URI: http://hdl.handle.net/10362/2663
Aparece nas colecções:FCT: DCSA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Valverde_2009.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.