Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/22841
Título: Caracterização das infeções sexualmente transmissíveis (IST) de origem bacteriana na ilha de São Vicente em Cabo Verde
Autor: Neves, Rosemary
Orientador: Pereira, Filomena
Castro, Rita
Palavras-chave: Doenças tropicais
Saúde Tropical
Doenças sexualmente transmissíveis
IST
Data de Defesa: 2017
Resumo: RESUMO: De acordo com a OMS, as IST são a quinta causa de procura dos serviços de saúde. Cerca de um milhão de pessoas adquirem uma IST todos os dias. Em Cabo Verde não existem dados oficiais sobre a epidemiologia destas infeções. Os objetivos do estudo foram caracterizar as infeções por Neisseria gonorrhoeae, Chlamydia trachomatis e Treponema pallidum, em vários grupos populacionais na ilha de São Vicente, Cabo Verde, conhecer o perfil epidemiológico das infeções causadas por estes microrganismos, identificar e enumerar os fatores sociais, comportamentais e económicos associados à transmissão das IST em grupos de risco e conhecer o perfil da sífilis congénita em São Vicente. No estudo prospetivo efetuou-se colheita de material biológico e de dados demográficos através de um questionário. Na pesquisa de anticorpos anti T. pallidum foram utilizados os testes RPR e TPHA. DNA de C. trachomatis e de N. gonorrhoeae foi identificado por técnica de PCR. O estudo retrospetivo analisou dados epidemiológicos da Delegacia de Saúde do PMI. No estudo prospetivo verificou-se que os participantes eram na sua maioria mulheres, com idades compreendidas entre os 15 e 52 anos. A idade da primeira relação foi de 16,3 anos; 29% utilizavam sempre o preservativo. As IST originadas pelas bactérias estudadas foram diagnosticadas em 3,3%, 4% e 1,4%, respetivamente. Nos dados retrospetivos, a sífilis representou 2,5% dos casos de IST, úlceras genitais 2,6%, vegetações genitais 3,6% e corrimento 91,3% dos casos de IST. De um modo geral, no estudo prospetivo não se encontraram diferenças significativas entre os participantes, nos quais se identificou uma das bactérias estudadas e os não infetados, com exceção do uso do preservativo e em relação ao emprego. As prevalências para as três infeções foram semelhantes às indicadas pela OMS para a região. No estudo retrospetivo, os resultados encontrados referentes à sífilis demonstraram a eficiência dos programas de saúde materna e infantil; no entanto, para uma perceção realista sobre as IST em Cabo Verde torna-se necessária a implementação de uma nova forma na colheita e análise dos dados e de dados laboratoriais fiáveis.
ABSTRACT According to WHO, STIs are the fifth leading cause of demand for health services. About one million people are affected with an STI every day. In Cape Verde there are no official data on the epidemiology of these infections. The objectives of the study were to characterize the infections by N. gonorrhoeae, C. trachomatis and T. pallidum, in several population groups in the island of São Vicente, Cape Verde; to know the epidemiological profile of the infections caused by these microorganisms; to identify and enumerate the social, behavioral and economic factors associated with the transmission of STIs in at-risk group and to know the profile of congenital syphilis in São Vicente. In the prospective study, biological material and demographic data were collected through a questionnaire. The RPR and TPHA tests were used to detect anti-T. pallidum antibodies, and C. trachomatis and N. gonorrhoeae DNA identification was performed by PCR technique. The retrospective study analyzed epidemiological data from the PMI Health Department. In the prospective study, participants were mostly women, aged between 15 and 52 years. The age of first intercourse was 16.3 years; and 29% always used condoms. T. pallidum, C. trachomatis and N. gonorrhoeae were diagnosed in 3.3%, 4% and 1.4%, respectively. In the retrospective data, syphilis represented 2,5% of the STI diagnosed cases, genital ulcers 2.6%, genital vegetation 3.6% and discharge 91.3%. In general, in the prospective study, no significant differences were found between infected and non-infected participants with the exception of condom use and in relation to unemployment. Prevalences for the three infections were similar to those reported by WHO for the region. In the retrospective study, syphilis-related outcomes demonstrated the effectiveness of maternal and child health programs. However, for a realistic perception of STIs in Cape Verde, a new way of collecting and analyzing reliable data including that from the laboratory is necessary.
URI: http://hdl.handle.net/10362/22841
Designação: Mestrado em Saúde Tropical
Aparece nas colecções:IHMT: CT - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Rosemary Neves.pdf2,61 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.