Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10362/20128
Título: Essays on smoking inequalities
Autor: Alves, Joana Rita Ramalho
Orientador: Perelman, Julian
Palavras-chave: Socioeconomic status
Inequalities
Smoking
Estatuto socioeconómico
Desigualdades
Tabagismo
Data de Defesa: 2015
Resumo: ABSTRACT - BACKGROUND: Smoking is concentrated in more deprived individuals and the morbidity and mortality associated with tobacco use would consequently be disproportionately distributed across society. This thesis aims to (1) measure the socioeconomic (SE) inequalities in smoking, their evolution over the recent years, and its consequences on health in Portugal; (2) investigate how smoking inequalities emerge, namely during adolescence. METHODS: Firstly, a SE indicator was built with census data, using factor analyses, and its association with tobacco-related diseases (TRDs) was measured. Secondly, Portuguese SE inequalities on smoking were measured through odds ratios, relative inequality indexes, and concentration indexes. Thirdly, using SILNE survey the association of parental smoking with children smoking was measured, and if the probability of smoking changed with future expectations. Fifthly, if the relations were different across socioeconomic status (SES). RESULTS: The results showed that the Portuguese SE inequalities in smoking reverted over the 1987 to 2006 period for men, and that there are worrisome inequality trends among the youngest generations. This impacted the prevalence of TRDs in Portugal, with the upper-social-class areas having a lower prevalence of TRDs. The association between parents and children smoking was similar across SES. Expectations about the future were important for smoking, independently of SES. CONCLUSIONS: Portugal is in an earlier phase of the tobacco epidemic, comparing with other European countries. The similar association between parents and children smoking behaviour across different SES, and the independent effect of future expectations on smoking, only justified the persistence of inequalities, but not their increase.
RESUMO - CONTEXTO: O tabagismo está concentrado nos indivíduos mais desfavorecidos, assim como a morbilidade e mortalidade associadas. Esta tese tem como objetivo (1) medir as desigualdades socioeconómicas (SE) no tabagismo, a sua evolução nos últimos anos, e as consequências para a saúde; (2) investigar como essas desigualdades surgem na adolescência. MÉTODOS: Primeiro, foi criado um indicador para o estatuto socioeconómico (SES) com dados dos censos, usando análise de fatores, e mediu-se a sua associação com as doenças relacionadas com o tabaco (TRDs). Posteriormente, as desigualdades SE no tabagismo foram estimadas para Portugal usando odds ratios, índices de desigualdade relativa e índices de concentração. Usando o questionário SILNE mediu-se a associação entre o tabagismo dos pais e filhos, e se a probabilidade de fumar era influenciada pelas expectativas de futuro. Por último, se estas relações diferiam com o SES. RESULTADOS: Os resultados mostraram uma inversão das desigualdades nos homens portugueses (1987-2006), e tendências preocupantes nos jovens. As desigualdades tiveram um impacto na saúde: áreas com SES superior tinham menor prevalência de TRDs. A associação entre tabagismo de pais e filhos e expectativas de futuro tiveram um papel relevante no tabagismo, independentemente do SES. CONCLUSÕES: Portugal encontra-se numa fase anterior da epidemia tabágica, comparando com os restantes países europeus. O facto da associação entre o tabagismo dos pais e dos filhos ser semelhante nos vários SES, e o efeito das expectativas futuras no tabagismo ser independente do SES justifica uma persistência das desigualdades e não o aumento observado.
URI: http://hdl.handle.net/10362/20128
Designação: Doutoramento em Saúde Pública
Aparece nas colecções:ENSP: ES - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RUN - Tese de Doutoramento - Joana Alves.pdf5,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.